Cultura em Ação

52

10 de julho de 2020 por Redação

A coluna “Cultura em Ação” tem como objetivo abrir espaço para se falar de cultura e arte sob uma perspectiva diferente, com enfoque maior nas produções das periferias maceioenses.

Definir o que é cultural é uma tarefa árdua. O termo evoca uma compreensão multidisciplinar, perpassando por diversas áreas do saber, como a sociologia, antropologia, história, comunicação, administração, economia, entre outros.

Em cada uma dessas áreas, a cultura é trabalhada a partir de aspectos, noções e usos distintos, que mostram o seu caráter transversal presente na vida cotidiana.

Apesar de toda a diferença semântica sobre o que é cultura, trabalharemos aqui com a perspectiva sociológica que remete à noção de cultura como tudo aquilo que resulta da criação humana em sociedade, de seus costumes até suas práticas alimentícias.

Na conjuntura atual, mais do que nunca, faz-se necessário criar um espaço para engendrar, debater e apoiar as artes. Em virtude disso, nasce esse ambiente de discussão, onde se promoverá a difusão da nova cena artística, que floresce nos becos e vielas dos subúrbios de Maceió.

Mostrarei os perfis dos novos jovens talentos, proporcionando-lhes a oportunidade de divulgação de seus trabalhos.

Neste espaço dialogaremos sobre arte em larga escala, abordando temas como: poesia, música, literatura, escultura; cinema; pintura e assim por diante. Sou professor, mas, sobretudo,um artista das letras, um poeta intrinsecamente ligado a nova cena artística dessa cidade, principalmente aos cenários alternativos e marginalizados, que crescem nas periferias de Maceió.

Madson Costa é professor e poeta.

Todas as postagens são de inteira responsabilidade do blogueiro.

Compartilhe

52 Comentários

  1. Valentina Oliveira em

    Adorei a análise e a preocupação em apoiar e divulgar os artistas locais de sua cidade, para que mantenham a cultura maceionence viva!

    • Estou muito feliz com a coluna e com o que será tratado na mesma! Madson é incrível e tem um grande potencial para nos trazer essa visão e dar visibilidade a cultura produzida em Maceió. Parabéns Madson, estarei aqui sempre acompanhando.

  2. MARIA CRISTINA SANTOS COSTA em

    Filho eu sempre soube que você chegará onde quiser, sua inteligência seu jeito intelectual .Te fará chegar onde você quiser sei colonista suas notícias irá ser muito bem aceita,garra filho.

  3. Achei interessante a iniciativa, e também tenho alguma curiosidade sobre os trabalhos feitos pelos jovens já que é uma perspectiva única e ainda brasileira.

  4. Acho uma iniciativa muito importante, é uma ótima idéia divulgar a cultura em todas suas maneiras de expressão, achei um ótimo trabalho.

  5. Gabriel Ferreira Viana em

    Parabéns amigo, vc merece prestígio ao seu trabalho que é de grande representatividade para a comunidade e os jovens negros periféricos maceioenses, persistimos, existimos e ocupamos os espaços que muitas vezes não são “IDEALIZADOS” para nós. Arte, cultura e conhecimento é um direito de todos.

  6. Acho uma iniciativa muito importante, é uma ótima idéia divulgar a cultura em todas suas maneiras de expressão, devemos valorizar mais trabalhos como esse, já que não temos um grandes canais de informação citando a cultura atual e as duas diversas maneiras de expressão.

  7. Um dos grandes jovens intelectuais. Não só da parte Alta, mas de toda Maceió. Um talento em ascenção, pronto pra ser uma das maiores influências do público jovem/adulto. Meus cumprimentos também ao 082 notícias pelo espaço e oportunidade as novas gerações de colunistas.

  8. Parabéns, Madson!.
    Sucesso!.
    Que em sua coluna, você consiga trazer à vista, os artistas que hoje estão “invisíveis”, aos olhos da maioria da população.

  9. Incrível proposta, Maceió tem artistas inigualáveis e todo o incentivo a esses artistas deve ser prestigiado, nosso trabalho como artista é ascender o nosso estado pra o mundo em todos os aspectos. Tenho certeza que essa geração deixará muitos escritores, músicos, artistas visuais aclamados!

  10. Arte é pertencimento, e encontra a sua máxima funcionalidade quando carregada de regionalismo. Vivemos um mundo globalizado em que nossa cultura e deixada de lado, estigmatizada e desprezada. Somos bombardeados pela cultura internacional, principalmente a ocidental, Isso faz com que não tenhamos pátria. Falo no sentido que nos sentimos desconfortáveis com aquilo que de fato é nosso! E como cultura é pertencimento, se não pertencemos talvez não somos, esse e uma dos elementos que adoecem a nossa sociedade, nos sentimos estranhos em nossa própria casa. Resgatar nossa cultura é nos encontrar, é deitar numa rede na varanda e sentir o prazer e a segurança de se estar em casa, é na mais pura forma a felicidade.
    É por esses elementos que “Cultura em ação” é revolução!

  11. gostaria de deixar aqui o meu mais sincero obrigado a todos pelos elogios que recebi! Obrigado, pessoal! Domingo tem mais, fiquem de olho!

    • Carlos Eduardo em

      Grande pensador e intelectual, um amante incondicional da arte e terá um futuro brilhante pela frente, vai com tudo meu guerreiro!!

  12. Ansioso pelo que virá. Muito feliz com o anúncio de um espaço de informação e construção de saber, principalmente diante de um momento onde a tônica tem sido a desinformação. Mais uma vez, Madson surpreende com seu engajamento na disseminação de cultura. Bom trabalho, jovem prodígio!

  13. Gabriel Alencar em

    A construção desse espaço será muito importante para a divulgação de artistas da periferia maceioense e dar maior alcance às suas produções. Parabéns, meu amigo!

  14. marcelo fragoso em

    muito bom ver uma pessoa tão engajada com a divulgação e reconhecimento das artes presentes em nosso estado,estou ansiosíssimo pelas próximas publicações.

  15. Um tema necessário não só pra que as pessoas conheçam melhor os artistas, mas também de grande importância pra os próprios artistas. E uma pessoa muito competente fazendo essa conexão entre as duas partes.

Deixe uma resposta