terça-feira 28 de maio de 2024

A vez do ASA GIGANTE!

10 de julho de 2020 8:19 por Redação

ASA NO BRASILEIRÃO DE 1979

 

Morei em Arapiraca por quase dez anos, e sei muito bem da paixão que o povo da terra do fumo tem pelo ASA, sete vezes campeão alagoano. Esta foto acima foi do primeiro título, em 1953, onde tudo começou!

Sem dúvida nenhuma, se falarmos com qualquer morador da cidade de Arapiraca, vai dizer que agonia foi grande, muitos sofrimentos e decepções.

Vitórias quase certas escorregavam pelas mãos, e aquela sensação que nunca o ASA seria campeão, era uma coisa que mobilizava a cidade quase como um todo. Mesmo aqueles que não nunca torceram pelo time da terra, via com certa piedade aquela coisa do time não ser campeão, nem de um único turno.

Lembro-me da decisão de 1981, do 1º turno do campeonato alagoano, o ASA tinha que ganhar do CRB, mas acabou perdendo por 2 x 1, pior, em casa, com mais de 18 mil pagantes no Coaracy da Mata, o famoso Fumeirão!

Em outras oportunidades ainda na década de 1980, teve chances de ganhar algum turno, mas na hora decisiva perdia, não somente contra o CRB ou CSA, perdeu também para o CSE um desses turnos.

Mas tudo tem a sua vez e a história nos ensina isso. Enfim, o ASA é o campeão em 2000, numa vitória épica sobre o CSA, que naquele ano buscava o inédito Pentacampeonato. As previsões de mais uma desilusão para o torcedor arapiraquense aumentaram porque no primeiro jogo das finais, em Arapiraca, o ASA perdeu para o CSA por 3 x 1, diante de 10 mil torcedores.

Lembro que o presidente azulino da época, Euclides Melo, colocou um trio elétrico na porta do Rei Pele por ocasião do segundo jogo. Mas o ASA surpreendeu e venceu por 2 x 1, com gols de Gedeon e Serginho.

Na terceira e decisiva partida, novamente no Rei Pelé, com um gol no segundo tempo, Joelson foi o autor da façanha, o ASA vence de novo e torna-se campeão depois de décadas, o primeiro tinha sido no distante 1953.

Sim, existe uma polêmica nos dias atuais, o ASA que ressurgiu como Agremiação Sportiva Arapiraquense é o mesmo ASA que foi fundado no início da década de 1950, como Associação Sportiva Arapiraquense?

Claro que é o mesmo, o sentimento do povo é quem determina isso, o povão de Arapiraca sabe disso e o valoriza como o ASA de sempre, isso basta!

O bom dessa vitória foi ver o povão de Arapiraca feliz, vieram para Maceió em massa, sem exageros, pareceu com aquele Fluminense X Corinthians, no Maracanã em 1976,  e quase dividiram o estádio com a torcida azulina.

Eu fui testemunha ocular, estava presente, vi gente com saco com farinha e charque, vi pessoas até com lata de doce, com a tampa toda pontiaguda, uma arma letal, foi devidamente barrado, quer dizer, o distinto torcedor, deixou a sua sobremesa, fundamental era ver o Gigante derrotar e soltar o grito engasgado, É CAMPEÃO!

 

Todas as postagens são de inteira responsabilidade do blogueiro.

 

 

 

 

Mais lidas

Marielle: a quem se destina a terra?

10 de julho de 2020 8:19 por Redação Por Eliane Brum, do portal Sumauma

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

10 de julho de 2020 8:19 por Redação Com o objetivo de investigar a

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

10 de julho de 2020 8:19 por Redação O prazo para entrega da Declaração

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

10 de julho de 2020 8:19 por Redação Em meio à epidemia de dengue e

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

10 de julho de 2020 8:19 por Redação A Secretaria de Estado de Alagoas

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

10 de julho de 2020 8:19 por Redação A Polícia Federal em Brasília indiciou

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

10 de julho de 2020 8:19 por Redação A Federação Alagoana de Esportes Colegiais

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

10 de julho de 2020 8:19 por Redação Por Stanley de Carvalho* Há 60

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *