quinta-feira 23 de maio de 2024

Deputado questiona valores pagos pelo Governo de Alagoas no esquema dos respiradores

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo

Cabo Bebeto quer explicações sobre quais as vantagens de Alagoas aderir ao Consórcio Nordeste | Divulgação

Dos R$ 48,7 milhões que a empresa Hempcare recebeu do Consórcio Nordeste para a compra de respiradores, R$ 5,2 milhões saíram dos cofres públicos de Alagoas.

A empresa acaba de ser alvo de uma operação da Polícia Civil da Bahia, por ter articulado um esquema fraudulento no qual assumiu o papel de intermediária entre estados nordestinos e uma suposta empresa da China, para a compra de respiradores. O equipamento, uma necessidade urgente para salvar vidas de vítimas da Covid-19, não foi entregue.

O problema, denuncia o deputado estadual Cabo Bebeto (PSL), é que, agora que o esquema fraudulento foi denunciado, o governo alagoano só vai receber de volta R$ 4 milhões dos R$ 5,2 milhões que pagou adiantados. Na sessão da Assembleia Legislativa desta quarta-feira, 3, o parlamentar chamou atenção para operação policial, deixando claro que Alagoas sofre sério prejuízo.

“O golpe não foi contra o Consórcio Nordeste, mas contra o Estado”, disse o parlamentar, afirmando que no dia 11 de maio último o governo alagoano se habilitou para comprar 50 respiradores, no valor de R$ 50 milhões, e no dia 7 do mesmo mês, para a compra de outros 30 respiradores, no valor de R$ 4 milhões.

No pronunciamento, Bebeto disse que está fazendo levantamentos no Portal da Transparência para verificar o que realmente foi pago. “Me chama a atenção que em um dos processos, com data de 27/04, Alagoas teve que pagar a primeira parcela de R$ 5,2 milhões, para que o Consórcio pudesse fechar a compra. O que foi feito sem que houvesse qualquer garantia de compra”, destaca o deputado.

Ele observou que somente um mês depois, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) enviou ofício ao presidente do Consórcio Nordeste, solicitando informações sobre os equipamentos ou a devolução do valor.

“Por coincidência, três dias antes da operação da Polícia Federal. A pergunta que fica é: por que o Estado está falando em recuperar R$ 4 milhões, se pelo menos R$ 5,2 milhões foram pagos? Esses R$ 1,2 milhão é o quê?”, questionou Bebeto, querendo explicações sobre quais as vantagens de Alagoas aderir ao Consórcio Nordeste.

Ele chamou a atenção do governo do Estado para que dê mais celeridade e transparência no trato com os recursos públicos.

No seu pronunciamento, o deputado alagoano condenou o esquema montado pela empresa Hempcare, que definiu como terrorismo. “Não se trata simplesmente de estelionato. Estamos falando de uma quadrilha que criou todo um cenário para assaltar os estados. Assumiram o risco de matar pessoas que precisam dos equipamentos. É um ato terrorista”, declarou Bebeto, ressaltando ainda que a ação da suposta quadrilha é um crime contra a saúde pública.

Com assessoria

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo Com o objetivo de investigar

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo O prazo para entrega da

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo A Secretaria de Estado de

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo A Polícia Federal em Brasília

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo A Federação Alagoana de Esportes

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo Por Stanley de Carvalho* Há

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

3 de junho de 2020 4:49 por Marcos Berillo A Secretaria de Estado da

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *