terça-feira 28 de maio de 2024

Promotora questiona em rede social baixa ocupação de leitos em hospital de campanha

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença

Hospital Celso Tavares atende exclusivamente pacientes de Covid-19
Foto: Agência Alagoas

Numa postagem em sua rede social, a promotora de Justiça Cecília Carnaúba reclamou do que chamou ociosidade, no Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares. Segundo ela, que apontou o último dia 6 como referência, 82% dos leitos naquela unidade da rede pública de Saúde estão sem funcionamento.

Na postagem, Carnaúba indaga: “Por que foram investidos recursos públicos, se a ociosidade é tamanha?”. Sob o argumento de que “só se exerce cidadania com informação”, a promotora fez outras indagações. “Qual o valor total investido? Quantos leitos de UTI estão em funcionamento? Há respirador reserva para substituição imediata em caso de avaria? A equipe de saúde está sendo adequadamente treinada para enfrentamento da pandemia? Qual a taxa de letalidade do coronavírus, neste hospital?” – foram questões apresentadas por Cecília Carnaúba. Veja aqui.

Promotora Cecília Carnaúba diz que hospital está ocioso

Inaugurado no último dia 22, o Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares, localizado no Centro de Convenções, no bairro de Jaraguá, em Maceió, foi construído para atender exclusivamente a pessoas que contraíram a covid-19, encaminhadas pela Central Estadual de Regulação. Segundo o anúncio do governo, são 150 leitos clínicos, e mais 450 profissionais de saúde se revezando nesse atendimento.

O Hospital não recebe menores de 18 anos, portadores de cardiopatias descompensadas, renais crônicos com prescrição de hemodiálise, oncológicos em estado crítico, com indicação para estarem em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As portas estão fechadas também para gestantes ou puérperas (período que compreende os 45 dias após o parto).

Os valores gastos na implantação do Hospital de Campanha Celso Tavares não foram divulgados pelo governo do estado. Porém, como promotora de Justiça, cujo papel é fiscalizar a gestão pública, Cecília Carnaúba sabe bem como obter as informações que deseja e, caso haja irregularidades, acionar a Justiça para as medidas cabíveis. Isso também é cidadania!

Mais lidas

Marielle: a quem se destina a terra?

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença Por Eliane Brum, do portal

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença Com o objetivo de investigar

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença O prazo para entrega da

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença A Secretaria de Estado de

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença A Polícia Federal em Brasília

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença A Federação Alagoana de Esportes

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

8 de junho de 2020 10:49 por Thania Valença Por Stanley de Carvalho* Há

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *