sexta-feira 19 de abril de 2024

AS 5 MELHORES MÚSICAS ALAGOANAS DE 2020

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa

2020 foi um ano de muitos contrastes e acontecimentos para o mundo, mas, apesar dos abalos que o setor da música sofreu, grandes produções surgiram durante o percurso deste ano. E, com o intuito de promover as produções musicais que mais se destacaram por suas complexidades, sensações e excelências técnicas, decidi, juntamente com o cantor e compositor Israel d’Luca e uma mesa formada por outros artistas do estado, reunir as 5 melhores músicas alagoanas de 2020.

No entanto, façamos a ressalva que o objetivo dessa lista não é diferenciar entre melhores ou piores, mas, sim, divulgar, incentivar e promover artistas locais e suas obras. Nesse contexto, nossa lista surge como uma análise profunda de faixas que possam evocar uma grande contemplação lírica, crítica e melódica através de suas texturas e complexidades

  1. Não to ligando – Saci x Freelipe x FM

A terceira faixa do EP “Cabeça de Nego”, dos rappers Saci, da Febre do Rato Prod, FreeLipe, do coletivo RAPEM, e FM, se destaca por ser uma manifestação de exímia qualidade tanto musical quanto estética. A faixa, em essência, propõe um debate crítico e promove a questão da negritude, trazendo à tona “a fúria negra”, fugindo do comum e do raso. Além disso, os arranjos, mixes e masterização do rapper Saci enriquecem ainda mais a sua qualidade técnica. Assim, “Não to ligando” não surge apenas como mais uma faixa, mas uma nova forma de enxergar a negritude, o Rap e a arte, ao passo que se propõe ser um manifesto sonoro do poder das ruas. O EP e a música estão disponíveis no canal da Febre do Rato Prod, no YouTube.

 2.  O Fantasma – Thiago Mata

O segundo single do EP “Maré”, do músico maceioense Thiago Mata, que marca a estreia de sua carreira solo, é de uma delicadeza ímpar. Letra, melodia, harmonia e interpretação se entrelaçam de forma, digamos, surreal. Segundo Mata, “[O Fantasma] fala sobre a angústia de não saber, de se ver preso em pensamento, questiona a importância das coisas de nossas vidas. Compila todos os pensamentos noturnos de Thiago acerca de espiritualidade e Deus. Uma canção que Thiago espera que proponha reflexões”. E, sem sobra de dúvidas, Thiago Mata conseguiu fazer jus a sua proposta. Por conter tamanha delicadeza, “O Fantasma” é uma canção para se escutar com atenção, de preferência em um lugar tranquilo, para que se possa senti-la em sua plenitude. E, por ser uma canção que nos faz refletir, pensar além e possuir uma sensibilidade de excelência, “O Fantasma” merece estar passeando por esta lista. Além disso, Thiago também faz parte da banda “Os Fugitivos”, que possui um trabalho primoroso e que vale a pena ser conferido. O Single e o EP completo podem ser encontrados nas principais plataformas de música. Mas se puder, assista ao clipe de “O Fantasma” no YouTube.

3. É assim – Saci X Lzu. 

“É Assim”, primeira faixa do EP “Hipnose”, de Saci e Lzu., angariou este espaço na lista por ser a representação da qualidade artística dos dois, cuja excelência não se manifesta unicamente nessa faixa, mas no EP por inteiro, que pode ser facilmente considerado uma das grandes obras primas do rap alagoano e, provavelmente, o melhor do gênero feito em 2020. Todas as faixas da obra poderiam indubitavelmente conquistar um lugar aqui, no

entanto, escolhemos apenas uma, aquela que pode resumir a magnitude e excelência de “Hipnose”. “É Assim” narra a realidade, sonhos e ambições. Os beats, mixagem e masterização de Lzu. tornam tanto o EP quanto a faixa uma obra prima, além de demonstrar a sua incrível genialidade artística. Também merece uma grande menção honrosa a segunda faixa do EP “Quem mandou”, tão boa e complexa quanto “É Assim”. O EP e as duas faixas estão disponíveis no canal da Febre do Rato Prod, no YouTube.

4. Auroras Tempestades – Troco em Bala

“Auroras Tempestades” é a primeira faixa do segundo EP homônimo da banda Troco em Bala, que é uma das bandas de maior prestígio em Alagoas. Bruno Berle, vocalista e instrumentista da banda, foi o responsável por fazer o arranjo, melodia vocal e letra, assim, gravando voz, baixo e guitarra. Felipe gravou violão, percussão e guitarra. Lucas gravou guitarra e Chase gravou bateria. É uma reunião de grandes músicos da nova geração. Saindo um pouco da ficha técnica, a canção é uma celebração à natureza. Repleta de paisagens comuns que, no entanto, não deixam de ser relevantes, e uma melodia e harmonia alto-astral, a música em questão, nos coloca quase que em um estado de êxtase. “Auroras Tempestades” é a alegria em forma de sons que flutuam na imaginação de quem se permite se inserir no cenário proposto por Berle. No mais, é uma peça musical que não poderia faltar em sua playlist, muito menos nesta lista. A faixa e o EP estão disponíveis nas principais plataformas de música.

5. Saudade – Lucas Cupertino

“Saudade”, single do cantor e compositor miguelense Lucas Cupertino, é daquelas músicas que conseguem nos envolver à primeira audição, sem arrodeios e sem ser pretensiosa. Cupertino colocou em seus versos a espontaneidade e persistência da saudade e sua consequência mais vigente: a esperança de reencontrar a pessoa amada. Por ser uma música que aborda um tema íntimo, a combinação da voz suave e aveludada de Lucas Cupertino juntamente a belíssima sequência de acordes de seu violão, nos remete a um ambiente tranquilo e saudosista, e, de certa forma, nos convida para entrarmos em contato com o lado mais intimista de seu autor. E, claramente, por esses aspectos, “Saudade” não poderia deixar de estar nesta lista. Vale também conferir “Maria”, um single que faz parte da mesma safra de “Saudade”. Nas principais plataformas de música, você poderá encontrar disponível a música “Saudade”.

6. (BÔNUS) Outras produções alagoanas que recomendamos

A canção “Berlim” e o álbum “Time da Mooca”, de Ítallo França, são duas produções que consideramos tão boas ou melhores que qualquer uma listada acima. Além dessas duas, a música “REMEXO”, da artista HUNÁ, é a melhor produção musical feita no gênero Trap em Alagoas. O empoderamento feminino, o vanguardismo e a inovação são alguns dos aspectos que fazem com que a faixa tenha sido considerada por nossa mesa de análise a melhor do ano nesse gênero. Por último, “Medo”, de Lzu. x Mordaz, merece ocupar o posto de uma das melhores faixas produzidas no Rap, além de que o álbum “Catalepsia”, a qual a música faz parte, é um dos álbuns mais significantes do ano.

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa Com o objetivo de investigar

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa O prazo para entrega da

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa A Secretaria de Estado de

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa A Polícia Federal em Brasília

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa A Federação Alagoana de Esportes

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa Por Stanley de Carvalho* Há

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

28 de dezembro de 2020 11:36 por Madson Costa A Secretaria de Estado da

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *