Lázaro é morto a tiros em confronto com a polícia de Goiás

Segundo o governador Ronaldo Caiado, captura ocorreu na região de Cocalzinho

0
Por Marcos Berillo

Lázaro ficou 20 dias foragido | Reprodução

Foram 20 dias de uma operação cinematográfica até que, nesta segunda-feira (28), o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou a morte do serial killer Lázaro Barbosa, de 32 anos, após ser baleado em confronto com policiais.

“Acabo de receber, neste momento, uma informação de todas as equipes que estão na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso”, disse o governador.

Lázaro era procurado por crimes como assassinatos e estupros, cometidos nos estados da Bahia, Goiás e no Distrito Federal. Com conhecimento de mata, Lázaro se disfarçava em vegetações e fugia por rios para não deixar rastros.

Veja o vídeo dele sendo socorrido:

As buscas pelo criminoso começaram após a morte de quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, no Distrito Federal, no começo de junho. Alguns dias depois, ele foi acusado da morte de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

Banner

Deixe uma resposta