Alagoas avança no projeto de transformação digital da Construção Civil

Analista da ABDI veio ao estado para acompanhar andamento do ‘Construção Alagoas em Rede’

0
Por Marcos Berillo

Autoridades se reuniram nesta manhã, na sede do Sinduscon | Ascom Fiea

As entidades que se uniram para fazer da Construção Civil alagoana um exemplo de inovação e de desenvolvimento, por meio da transformação digital, apresentaram os avanços do projeto “Construção Alagoas em Rede” ao representante da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), durante visitas técnicas realizadas nessa segunda (19) e terça-feira (20).

A iniciativa foi selecionada no edital Digital.br, uma ação da Agência voltada à transformação digital do setor produtivo. O foco está nas micro, pequenas e médias empresas instaladas, exclusivamente, na região Nordeste. No momento, a ideia está na fase de conclusão do projeto-piloto.

Nesses dois dias de visita, o analista de Produtividade e Inovação da ABDI, Roberto Pedreira, acompanhou, presencialmente, o andamento das ações desenvolvidas pela Federação das Indústrias (Fiea), Ufal, Prefeitura de Maceió, Sinduscon e Sebrae.

“Alagoas tem feito bom proveito. Eu diria que é um desafio muito grande para o país, o mundo digital. A maior parte das empresas encontra dificuldades para se inserir no mundo digital, principalmente, as micro e pequenas, mas, há todo um ambiente que tem criado condições para que o setor produtivo, os diversos setores econômicos, possam se inserir neste mundo”, ressaltou.

Representante da ABDI fala durante apresentação do projeto | Ascom Fiea

Plataforma digital

O “Construção Alagoas em Rede” é uma plataforma digital que foi pensada para atender à necessidade de aperfeiçoar os processos relacionados à contratação de empresas prestadoras de serviços para a cadeia da construção.

Na manhã desta terça-feira, durante apresentação da plataforma na sede do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), o presidente da Fiea, José Carlos Lyra de Andrade, destacou a união de esforços em favor de iniciativas inovadoras. “Sem inovação não tem desenvolvimento, não tem progresso. Então, é um grande passo para a cadeia da Construção Civil a gente ter ganho esse edital da ABDI para desenvolver a cadeia da Construção Civil na área digital”, afirmou.

O presidente do Sinduscon, Alfredo Brêda, acredita que o projeto servirá como referência para o país. “Eu acredito muito nesse projeto, que vai ainda se difundir pelas diversas regiões do Brasil até com a capilaridade do setor da construção, dos Sinduscons do Brasil. Então, acho que a gente vai conseguir ter um grande sucesso com essa plataforma”, disse.

JHC destacou importância das parcerias pela inovação | Ascom Fiea

Transformação digital é questão de sobrevivência

Para o vice-presidente da Fiea, José da Silva Nogueira Filho, esse é o futuro. “Quem não acompanhar essa fase, esse momento digital de inovação, vai ficar de fora. Porque a indústria precisa baixar seus custos, precisa evoluir e se colocar nesse mundo que está apresentado aí e numa evolução muito rápida. É muito importante, eu acho até que é questão de sobrevivência das empresas”, ressaltou.

O prefeito de Maceió, JHC, que participou da elaboração do edital quando ainda era deputado federal, disse que o projeto representa uma postura de vanguarda e de união entre o setor público e a iniciativa privada na promoção da inovação no município.

“São novos modelos de relação de negócio que começa a surgir a partir de projetos importantes como esse, que são projetos inovadores, que traz um conceito atual e utiliza academia, a iniciativa privada e o poder público. São exemplos de projetos que devem ser seguidos também por outras áreas também de administração, da iniciativa privada e da academia”, concluiu.

Pelo Sistema Fiea, participaram da solenidade no Sinduscon o superintendente do Sesi e diretor regional do Senai, Carlos Alberto Paes; a Coordenadora de Inovação e Pesquisa da Fiea/IEL, Eliana Sá; as diretoras de Marketing e SSI, Cláudia Piatti, e de Educação, Inovação e Tecnologia Sesi Senai, Cristina Suruagy; além do gerente executivo de Inovação e Tecnologia do Senai, Maicon Lacerda.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta