Professora Valéria Correia denuncia extremistas que invadiram seminário virtual da Ufal

Hackers exibiam imagens da Ku Klux Klan e ofendiam participantes de evento que discutia o desmonte da atenção básica em saúde no Brasil

0
Por Da Redação

Valéria Correia deixa legado na gestão da Ufal – Divulgação

A professora Valéria Correia, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), registrou boletim de ocorrência na Delegacia Virtual da Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) contra extremistas que invadiram um seminário on-line realizado na última quinta-feira, 26.

Durante as invasões, os hackers exibiam imagens da Ku klux Klan, organização de extrema-direita que defende a supremacia branca e ódio ao povo negro, faziam muito barulho e dirigiam palavras de baixo calão aos participantes.

O evento virtual tinha como tema “O Cenário da Atenção Básica no Brasil, um Horizonte de Desmontes”. Participavam do seminário membros do Projeto de Extensão Assessoria ao Funcionamento e às Mobilizações do Fórum Alagoano em Defesa do SUS (FSSO/Ufal), servidores e estudantes da Universidade Federal.

“Solicitamos as providências cabíveis para identificar e punir os extremistas que praticaram crime de ódio”, disse Valéria Correia. “Agora é aguardar a apuração do crime. Fascistas não passarão!”, reforçou a professora.

Banner

Deixe uma resposta