sábado 3 de dezembro de 2022

Conheça Laís Guimarães, um dos principais nomes da Nova MPB alagoana

A jovem compositora diz que seu amor pela música surgiu espontaneamente, ao passo que compunha suas canções e aprendia novos instrumentos, se apaixonava.

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa

Lais Guimarães. Foto: Duda Bertho

Laís Guimarães, de 23 anos, é uma cantora, compositora e multi-instrumentista alagoana, que vem chamando atenção na cena musical de Alagoas desde 2017, quando lançou seu primeiro single, “Final Feliz”. Laís também lançou o EP “Voar”, composto por 5 músicas autorais, “Crescer”, também composto por 5 músicas autorais, e o single “Melhor de Mim”. Além disso, seus trabalhos vêm angariando milhares de streamings nas plataformas digitais, quase 100 mil no Spotify, o que faz com que cada vez mais a cantora se consolide como um dos principais nomes da nova geração da MPB alagoana.

A jovem compositora diz que seu amor pela música surgiu espontaneamente, ao passo que compunha suas canções e aprendia novos instrumentos, se apaixonava. Começou a tocar violão aos 11 anos e posteriormente Aprendeu a tocar piano sozinha, na casa de sua avó, e, à medida que se aperfeiçoava nos instrumentos, conheceu a música Folk, período no qual começou a compor com mais frequência, ao passo que também passou a ter aula de canto e piano, na Casa de Música Villa Lobos. Sob a luz de influências musicais de importantes artistas da nova MPB, a exemplo disso, Phil Veras, Tiago Iorc, Tim Bernardes, Vanguart, entre outros, suas composições autorais ganharam vida.

Lais Guimarães. Foto: Duda Bertho

Suas canções evocam esperança, amor e felicidade dentro do peito, seus versos trazem paz e tranquilidade, sua voz constrói uma textura calma e pacata, que potencializa todos os sentimentos que a cantora passa. Laís Guimarães compõe músicas tanto para os dias telúricos quanto os soturnos, ela é um desses talentos que quando ouvimos já sabemos que tem um algo a mais. Apesar da pouca idade, a jovem artista já tem sua própria textura melódica, seu próprio caminho traçado e sua estética sonora, o que reafirma ainda mais seu talento.

Laís Guimarães é um desses jovens talentos para ficar de olho, pois sabemos que ela pode surpreender ainda mais. Seus videoclipes são produzidos com muito esmero, “Por trás da janela”, que está disponível em seu canal no Youtube, representa isso, já seu clipe “Crescer”, feito a partir de seu acervo pessoal e gravado com um celular em casa, traz uma estética que aponta para o independente e o “do it yourself”, mas com primazia. Todas as suas canções estão disponíveis nas principais plataformas de streaming, como Spotify, Youtube, Deezer. Ela também publica as principais novidades no seu Instagram @laisguimaraesf.

 

Mais lidas

Redes bolsonaristas usam Lula, PT e religião na convocação para o 7 de setembro

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa Por Bruno Fonseca, da Agência

Equatorial deve reposicionar postes para permitir construção de rodovia

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa A juíza Marcli Guimarães, da

Linha que atende a Avenida Rota do Mar receberá reforço nos dias úteis

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa A Superintendência Municipal de Transportes

O que defendem os deputados federais de Alagoas

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa A bancada de Alagoas na

Paulo Dantas não empolga aliados e sua escolha para governador-tampão dá sinais de esvaziamento

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa A indicação do nome do

Antes de greve geral, policiais civis fazem manifestação cobrando reajuste salarial

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa Em luta para conseguir que

Internações por Covid aumentam e governador Renan Filho apela por cuidados

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa Mesmo considerado menos letal, o

Contratações de pessoas no Ensino Superior crescem 51% em Alagoas

3 de setembro de 2021 9:27 por Madson Costa Por Lucas Thaynan, da Agência

1 Comentário

  • muito bom!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *