Bolsonarista é acusado de pedir ressarcimento de passagens mesmo tendo voado em avião da FAB

Vereador Leonardo Dias é alvo de denúncia de fato apresentada ao Ministério Público

0
Por Marcos Berillo

O vereador Leonardo Dias | Divulgação

O vereador bolsonarista Leonardo Dias terá que explicar por que pediu o ressarcimento de uma passagem aérea, no âmbito da Verba Indenizatória de Atividade Parlamentar (VIAP), no valor de R$ 3.044,79, apesar de ter viajado de carona em aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB).

A viagem foi realizada no dia 26 de agosto, com a justificativa de que o vereador iria a Brasília em busca de soluções para o caso do afundamento de solo em bairros de Maceió. Atento aos gastos de dinheiro público, o Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa (NCIA), entidade da sociedade civil organizada com atuação na área do controle social, apresentou notícia de fato ao Ministério Público de Alagoas (MP/AL).

“O vereador em campanha esbravejava que gostava das coisas certinhas, sem imoralidades, mas agora vem com essa de reembolsar dinheiro público, mesmo sendo beneficiado com transporte pago pelo contribuinte”, afirma em nota o coordenador do NCIA, Dêvis Klinger Menezes.

Vereador posta foto pegando carona em avião da FAB | Reprodução/Instagram

No documento apresentado ao Ministério Público, o Núcleo sugere ainda que a investigação seja ampliada para os últimos oito meses, com cruzamento de dados e fiscalização dos recursos utilizados através dessas Verbas Indenizatórias de Atividade Parlamentar.

Apesar de ter viajado em avião da FAB, Leonardo Dias pediu ressarcimento à Câmara | Reprodução

“A má-fé encontra-se caracterizada, eis que não informou – formalmente – ao setor que cuida das indenizações que não utilizou a passagem aérea, mesmo assim requereu oficialmente o reembolso financeiro, o que comprova a suposta deslealdade, ferindo os princípios norteadores da administração pública”, conclui o NCIA.

*Com Alagoas Atenta

Deixe uma resposta