8º Recifest – Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero anuncia selecionados

0
Por Vanderlei Tenorio

A 8ª edição do Recifest – Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero, anunciou os filmes selecionados para edição de 2021. O festival acontecerá entre os dias 16 e 20 de novembro, no Teatro do Parque, em Recife.

Divulgação

Segundo a organização do Recifest, em 2021, quase 300 curtas foram inscritos, de 23 dos 26 estados do Brasil e Distrito Federal. Este ano, a curadoria das mostras competitivas ficou sob olhar apurado de André AntônioAnti Ribeiro e Felipe André SIlva.  A premiação do festival será definida pelo voto do  júri oficial que concederá os troféus Rutílio de Oliveira ao melhor filme pernambucano e ao melhor filme nacional, vale salientar que o público também votará.

O evento ocorrerá de forma híbrida, e terá uma edição em Arcoverde entre os dias 24 e 26 de novembro. Vitor Búrigo, do portal CineVitor, destaca que a seleção traz produções que falam de caminhos, descobertas, arte crítica, viés territorial, crônicas de povos invisibilizados, luta dos povos indígenas e negros, revolta dos sobreviventes, entre outros.

Confira os filmes selecionados:

A raiz de um, de Pedro Henrique Lima (PE)
Acesso, de Julia Leite (SP)
Aracá, de Abiniel João Nascimento (PE)
Bianca – Olhe, ame, cuide. Trans são joias, de Marcos Castro (PE)
BoyCam, de Rodrigo SenaArlindo Bezerra e Ernani Silveira (RN)
BregaQueens, de Danillo Medeiros (PE)
Cacicus, de Bruno Cabral e Gabriela Dullius (RS)
Cômpito, de Paulete LindaCelva (SP)
Cool for the summer, de Vitória Liz (SP)
Erêkauã, de Paulo Accioly (AL)
Estilhaços, de Gabriela Nogueira (CE)
Homens Invisíveis, de Luis Carlos de Alencar (RJ)
Lamento de Força Travesti, de RENNA (PE)
Meninos Rimam, de Lucas Nunes (SP)
Morde & Assopra, de Stanley Albano (MG)
Mormaço, de Carol Lima (PE)
O Amigo do Meu Tio, de Renato Turnes (SC)
O Durião Proibido, de Txai Ferraz (PE)
O que Pode um Corpo?, de Victor Di Marco e Márcio Picoli (RS)
Para não dançar em Segredo, de André Vitor Brandão (PE)
Praia dos Crush, de Marieta Rios (CE)
Raone, de Camila Santana (SP)
Sad Faggots + Angry Dykes Club, de Viq Viç Vic (PE)
Seremos Ouvidas, de Larissa Nepomuceno (PR)
Time de Dois, de André Santos (RN)
Vander, de Barbara Carmo (BA)
Viver Distrai, de AYLA de Oliveira (PE)

 

* A partir de informações de Vitor Búrigo, do portal CineVitor.

Deixe uma resposta