Jangadeiros que atuam em Maceió recebem carteiras permissionárias

Regularização da categoria foi realizada em dezembro de 2021; profissionais que não fizeram a regularização, ainda podem realizar o procedimento

0
Por Da Redação

Profissionais que não fizeram a regularização ainda podem realizar o procedimento | Juliana Angelina/Ascom SMTT

Profissionais de jangadas e jangadas-bar que atuam na orla marítima de Maceió receberam suas carteiras permissionárias nessa quarta-feira (10). A partir de agora, eles estão regularizados.

De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), a medida vai garantir segurança aquaviária. “Eles fazem parte da vida do maceioense e de quem visita a nossa cidade e precisam estar credenciados junto aos órgãos competentes, o que garante que cumpram todos os critérios para garantir a segurança daqueles que utilizam o transporte”, disse o superintendente da SMTT, André Costa.

O processo de regularização teve início em dezembro de 2021 e o prazo chegou a ser ampliado, justamente para que todos pudessem fazer a renovação anual e que fossem feitas também novas inclusões para a realização da atividade econômica na cidade.

Jangadeiro recebe sua permissão e comemora | Ascom SMTT

Porém, ainda há tempo para os profissionais que não fizeram a regularização. Os jangadeiros devem comparecer na sede da SMTT, localizada na Avenida Durval de Góes Monteiro, 829, no Tabuleiro do Martins. Quem já é cadastrado pagará apenas a taxa de renovação anual no valor de R$ 55,81. Já as novas inclusões de profissionais têm um acréscimo de R$ 8,86.

Os profissionais precisam apresentar originais e cópias do RG e do CPF, comprovante de residência, duas fotos 3×4, certidão criminal negativa (federal e estadual), carteira de filiação à Colônia de Pescadores Z-1 com declaração, cópia da Carteira de Inscrição e Registro (CIR) emitida pela Capitania dos Portos de Alagoas e certificado do curso ofertado pela Secretaria Municipal de Turismo (Semtel).

Deixe uma resposta