Morre pedagoga que coordenou a primeira escola integral do Estado

Ex-secretário de Educação Luciano Barbosa lamentou a morte de servidora

1

Carmélia Monteiro morreu nesse fim de semana | Reprodução/Instagram

A pedagoga Carmélia Monteiro morreu nesse sábado, 22, ao cair da janela do sétimo andar do prédio em que morava na parte alta de Maceió. Ela foi a coordenadora pedagógica da primeira escola de tempo integral de nível médio de Alagoas, a Escola Marcos Antônio Cavalcanti, localizada no bairro Benedito Bentes.

“Foi escolhida por ser uma das melhores profissionais da Educação. Ajudou a implantar o nosso modelo pedagógico onde não havia nada”, declarou o ex-secretário de Estado da Educação e atual prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa, ao desejar condolências à família.

“Minha solidariedade à família e aos trabalhadores da Educação por esse momento tão doloroso. Fica a história de uma mulher lutadora, que não mediu esforços para transformar a realidade da Educação de Alagoas. Isso tudo sempre longe dos holofotes”, concluiu Barbosa.


Apoio emocional

O Centro de Valorização da Vida (CVV) promove apoio emocional e prevenção do suicídio, com atendimentos gratuitos a qualquer pessoa. O centro garante sigilo total e atende por telefone, e-mail e chat 24 horas por dia, nos sete dias da semana, pelo telefone 188.

1 comentário

Deixe uma resposta