quarta-feira 7 de dezembro de 2022

Historiador lança biografia do médico-poeta Campelo de Almeida

Escrevendo para sua família, para seus amores ou sua terra natal. Sua poesia é inspiração para a juventude.

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella

O advogado e historiador viçosense, Júlio Caio Vasconcelos é mestre em direito e autor dos livros: História Política de Viçosa e Dr. Campello de Almeida – a biografia de um médico-poeta.

O mergulho nos arquivos realizado pelo historiador descobre um personagem fascinante agora revelado ao público através de uma biografia muito bem construída.

José Campello de Almeida [1908-1934] nasceu em Anadia no ano de 1908, filho de Manoel Garcia de Almeida e Etelvina Campello de Almeida.

Estudou na Faculdade de Medicina da Bahia e posteriormente formou-se no Rio de Janeiro em 1933.

Voltando a sua terra natal, clinicou até 1934, quando foi brutalmente assassinado em dezembro daquele ano.

Deixou um único livro publicado: Adolescência (1928).

Seu nome batiza o principal espaço público de Anadia: a Praça Dr. Campello de Almeida.

 

1. O que o atraiu para enveredar pela pesquisa sobre o médico e poeta?

Há 7 anos que frequento Anadia, e desde o começo me indaguei sobre o homenageado que presta seu nome a principal praça da cidade.

Conversando com os cidadãos locais, a insegurança e a falta de informação sobre o médico Campello de Almeida me levaram a iniciar uma investida por dados concretos para então escrever um artigo.

Com a avançar da pesquisa percebi que o homenageado merecia algo maior, um livro que contasse sua trajetória: raízes, formação, escritos e o seu trágico assassinato.

Após mais de 2 anos de pesquisas em Anadia, Maceió, Pernambucano, Sergipe e Rio de Janeiro, eis que nasceu o livro!

2. Quais as dificuldades enfrentadas na pesquisa?

O maior inimigo de um pesquisador é o tempo, principalmente quando há uma ruim conservação de documentos e quando certos temas são tratados como assuntos que poucos devem saber.

Na pesquisa para o livro não foi diferente. Enfrentei a má conservação de documentos em cartórios e acervos. Além disso, a vida e principalmente a morte de Dr. Campello de Almeida era um assunto que só os mais velhos sabiam, evitando-se passar de geração em geração. Com quase 90 anos de seu falecimento, os mais novos pouco sabiam sobre sua pessoa, mesmo os familiares.

Para isso foi necessário recorrer as mais diversas fontes e assim reunir o material mais completo e fidedigno possível, com uma pesquisa documental em jornais, registros de cartórios, processos judiciais, almanaques, escrituras, leis, acervos familiares, lápides de cemitérios, igrejas e livros, tudo isso para ofertar ao público a presente obra.

3. O que representa esse personagem para Anadia?

Para além de seu nome na principal praça da cidade, local de encontros, festas, comemorações e procissões da padroeira, o médico-poeta Campello de Almeida representa também uma geração de pioneiros anadienses.

Formando-se em medicina no Rio de Janeiro, voltou para sua terra natal para clinicar, atendendo todas as camadas sociais da cidade.

Além disso, deixou seu primeiro e único trabalho publicado aos 20 anos: o livro Adolescência (1928), que reúne poemas, obra esta que foi também republicada nesta biografia.

Enfim, Campello de Almeida representa juventude, medicina e poesia, deixando um legado para os anadienses.

José Campelo de Almeida

4. Qual o significado da poesia de Campelo de Almeida, já que morreu muito jovem?

A poesia de Campello de Almeida significa, na minha percepção, a vontade de um jovem em se expressar por meio de seus versos tudo aquilo que sentia em sua visão do mundo.

Seja escrevendo para sua família, para seus amores ou sua terra natal. Sua poesia é inspiração para a juventude, juventude esta que muitas vezes é mal compreendida, tendo seus sonhos interrompidos.

5. O motivo ou os motivos que levaram ao assassinato do Dr. Campello de Almeida?

Como todo crime de grande repercussão, a morte de Dr. Campello gerou várias vertentes investigativas, que não trouxe o resultado que muitos esperavam, principalmente os familiares do médico assassinado.

O livro busca apresentar ao leitor esses caminhos investigativos, bem como os embaraços que tornaram perquirição tumultuada, seja pela linha de um crime passional, seja pela vertente de um eventual erro de execução.

Praça Dr. Campelo de Almeida, em Anadia (AL)

Mais lidas

Redes bolsonaristas usam Lula, PT e religião na convocação para o 7 de setembro

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella Por Bruno Fonseca, da

Equatorial deve reposicionar postes para permitir construção de rodovia

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella A juíza Marcli Guimarães,

Linha que atende a Avenida Rota do Mar receberá reforço nos dias úteis

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella A Superintendência Municipal de

O que defendem os deputados federais de Alagoas

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella A bancada de Alagoas

Paulo Dantas não empolga aliados e sua escolha para governador-tampão dá sinais de esvaziamento

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella A indicação do nome

Antes de greve geral, policiais civis fazem manifestação cobrando reajuste salarial

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella Em luta para conseguir

Internações por Covid aumentam e governador Renan Filho apela por cuidados

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella Mesmo considerado menos letal,

Contratações de pessoas no Ensino Superior crescem 51% em Alagoas

5 de fevereiro de 2022 7:25 por Geraldo de Majella Por Lucas Thaynan, da

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *