Lobão: do êxito à suplência, e o projeto de ser deputado federal apoiando Lula

1

18 de maio de 2022 por Da Redação

Deputado estadual até dezembro, Lobão planeja disputar mandato federal. |Fotos: Divulgação ALE

Empossado deputado estadual nesta terça-feira, 17, Anivaldo Luiz da Silva, o Lobão (MDB), planeja agora participar da eleição de outubro próximo, disputando uma vaga na Câmara Federal. Até lá, promete exercer bem o mandato de deputado estadual que assume após a eleição do titular, Paulo Dantas, a governador.

Serão sete meses na Assembleia Legislativa Estadual, onde pretende defender projetos voltados para a área da Educação.

Na posse Lobão relembrou o início de sua trajetória política, que começou em 2004, quando se filiou ao PSB. Mas a surpresa veio em 2016, quando surpreendeu o mundo político ao se eleger o vereador mais votado em Maceió, com 24.969 votos, o equivalente a 6,01% dos votos válidos.

O desempenho do mandato e a conjuntura política transformou em frustração sua tentativa de renovar o mandato, em 2020. Conseguiu apenas 3.471 votos, número insuficiente para voltar à Câmara Municipal.

Na eleição de 2018, foi candidato a deputado estadual conquistando 21.964 votos, o equivalente a 1,47% do eleitorado alagoano. Ficou na suplência!

Agora ao assumir o mandato na vaga de Paulo Dantas volta a falar dos projetos que defende desde o início da carreira.

“Chegamos ao Parlamento cheio de projetos. Podemos não ter tempo, mas vou apresentar proposições como o novo Mercado da Produção e um Hospital Público Veterinário” – anunciou, no momento da posse.

Agora ligado ao grupo do deputado Marcelo Victor (MDB), Lobão se articula para ser deputado federal. O parlamentar, cantor, compositor, líder da banda Cheiro de Calcinha, produtor de filme pornô, garante que vai dialogar com todos, mas já deixou claro que, na eleição para presidente, tem preferência pela candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Dialogo com todas as correntes, mostrei isso como vereador da capital, mas creio que o melhor para o país neste momento seja Lula”, afirma Lobão.

Agora empossado, terá que se reaproximar de suas bases políticas na periferia de Maceió.

Compartilhe

1 comentário

Deixe uma resposta