terça-feira 31 de janeiro de 2023

Equatorial deve reposicionar postes para permitir construção de rodovia

Construtora pagou mais de R$ 500 mil para que a concessionária de energia executasse o serviço, o que não foi feito; decisão tem caráter liminar
Fachada da Equatorial em Maceió | Divulgação

A juíza Marcli Guimarães, da 1ª Vara Cível da Capital, determinou que a Equatorial Alagoas reposicione postes de energia para possibilitar a implantação e restauração da rodovia que liga os municípios de Belém e Taquarana. A decisão liminar, proferida nessa quinta (4), fixa prazo de cinco dias e multa diária de R$ 5 mil, limitada ao patamar de R$ 100 mil, em caso de descumprimento.

De acordo com os autos, a Fp Construtora venceu licitação para implantar e restaurar a rodovia com extensão de 6,6 km, entre os dois municípios. No entanto, para que a construção fosse possível, seria necessário o reposicionamento dos postes de energia elétrica do trecho.
Em fevereiro deste ano, a empresa firmou contrato com a Equatorial e efetuou o pagamento de R$ 521.150,80 para custear a relocação dos postes. A concessionária de energia, porém, ainda não iniciou o serviço.
Alegando prejuízos financeiros e à população em geral, a construtora ingressou com ação na Justiça. Para a titular da 1ª Vara Cível, a Equatorial tem agido com “manifesta falta de diligência, quedando-se inerte mesmo após vários pedidos de adequação da instalação dos postes em local apropriado”.
Ainda segundo a juíza, os postes sequer deveriam ter sido instalados da maneira como foram. “As fotografias anexadas não deixam dúvidas quanto à errônea e esdrúxula localização de postes, os quais ficaram instalados no meio da rua/avenida, apesar dos protestos”.
Fonte: TJ/AL

Mais lidas

Na luta contra o terrorismo PM’s alagoanos vão reforçar segurança em Brasília

Cinquenta policiais militares alagoanos já estão enfileirados no aeroporto Zumbi dos Palmares, prontos para

Pré-matrícula para alunos novatos começa dia 16 de janeiro

A pré-matrícula para novatos da rede municipal de ensino de Maceió inicia no dia

Sidarta: A necessária lucidez sobre as drogas

Por Inês Castilho, do Outras Palavras A maconha é o remédio do século 21.

O maior assalto da história ao cofres da Petrobras

Para onde está indo o dinheiro que você deixou na bomba de gasolina nos

Bolsonaro e Silvestre Péricles fazem ‘pegadinhas’ para sucessores nos palácios

O primeiro dia do presidente Lula no Palácio do Planalto teve um registro bizarro.

Inep publica o cronograma para o Enem 2023

                           

‘’A gente quer comida, diversão e arte’’, Margareth Menezes tomará posse do cargo de ministra

  A cantora baiana, muito bem premiada na música brasileira, traz esperança ao povo

Governo Lula mantém MP que zera impostos sobre preços dos combustíveis até fevereiro

Apesar do receio de muitos consumidores, que encheram o tanque de seus veículos temendo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *