quarta-feira 7 de dezembro de 2022

Alunos de creches municipais se preparam para II Mostra de Culturas Infantis

Ação vai estar presente no evento Educar É Massa
Boneca Vitalina foi criada em 1956 pelo mestre Benedito José | Hilderlan Oliveira/Ascom Semed

Em Maceió, as creches municipais vêm realizando atividades com as crianças da educação infantil como forma de promover a cultura e preparar os estudantes para a II Mostra de Culturas Infantis.

As atividades fazem parte do projeto Educar É Massa que engloba diversas iniciativas da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O evento acontece nos dias 22 e 23, no Armazém Uzina, no bairro Jaraguá e tem como objetivo socializar projetos e ações desenvolvidas pelas unidades de ensino municipais.

Como exemplo das atividades pedagógicas, os alunos das creches municipais José Madltton Vitor, no Benedito Bentes, e Benevides Epaminondas, localizada em Riacho Doce, ensaiaram e se divertirem com o reisado e a boneca Vitalina.

Durante a preparação na creche Benevides, a mestra Edleuza Santos foi convidada para contar a história da boneca Vitalina para as crianças.

Vitalina foi criada em 1956 pelo mestre Benedito José dos Santos e a tradição foi herdada pela filha Edleuza, que segue fazendo a rota cultural nos carnavais de rua nos bairros de Guaxuma e Riacho Doce.

A diretora da Creche Municipal Benevides, Joselma Mesquita, contou que na mostra, cerca de 20 alunos vão apresentar a cultura presente na tradição presente no bairro.

“Em nossa creche, o que mais se destacou foi a boneca Vitalina. Por isso iremos dar um destaque maior a ela na mostra. As crianças vão dançar com ela e apresentar as produções que fizeram. Além disso, nossos alunos também irão cantar “Minha Sereia’ e homenagear o mirante da sereia”, explicou.

Aluno Guilherme, 6 anos, cantou e dançou durante ensaio | Hilderlan Oliveira/Ascom Semed

As crianças da creche Benevides também produziram sua própria Vitalina com garrafas pet. Durante a apresentação, os estudantes se divertiram com as marchinhas de carnaval ao lado da boneca. Guilherme, 6 anos, conta que se divertiu. “Gostei, achei muito legal, eu aprendi a dançar com ela, é muito divertida”, revelou.

Na Creche Municipal José Madltton Vitor, cerca de 30 alunos vão apresentar um mix de danças folclóricas alagoanas.

“Nós entendemos que a criança produz cultura e nós estamos com a proposta este ano de trabalhar as culturas de Alagoas. Fomos buscar o Bumba meu boi, que é um folclore nosso, a baianinha que é uma dança de origem africana e temos muito alunos de matrizes africanas e o guerreiro que é uma dança da nossa terra. Fizemos um pot-porri para apresentar. O boi foi construído pelos próprios alunos. Eles estão finalizando o processo de decoração e temos os ensaios”, pontuou a diretora escolar, Carmem Lúcia Couto.

Diretora Carmem Lúcia Couto e professora Roseane Félix | Hilderlan Oliveira/Ascom Semed

Além disso, os próprios alunos estão participando de todas as etapas, construindo e decorando as ornamentações com a ajuda das professoras.

“Nós envolvemos as crianças no brincar, construindo cultura e conhecimento. Toda nossa proposta com a cultura alagoana tem o princípio da construção dentro da realidade do nosso estado. Então, o brincar de guerreiro é buscar os valores das culturas que vieram antes, fizeram parte da nossa infância e transferir esses valores brincando na educação infantil é muito gostoso”, finalizou a professora Roseane Félix.

Fonte: Semed

Mais lidas

Redes bolsonaristas usam Lula, PT e religião na convocação para o 7 de setembro

Por Bruno Fonseca, da Agência Pública Saem as ameaças ao ministro Alexandre de Moraes

Equatorial deve reposicionar postes para permitir construção de rodovia

A juíza Marcli Guimarães, da 1ª Vara Cível da Capital, determinou que a Equatorial

Linha que atende a Avenida Rota do Mar receberá reforço nos dias úteis

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informa que, a partir desta segunda-feira

O que defendem os deputados federais de Alagoas

A bancada de Alagoas na Câmara Federal é formada pelos deputados Arthur Lira (PP),

Paulo Dantas não empolga aliados e sua escolha para governador-tampão dá sinais de esvaziamento

A indicação do nome do deputado estadual Paulo Dantas (MDB/AL) para ser o governador-tampão,

Antes de greve geral, policiais civis fazem manifestação cobrando reajuste salarial

Em luta para conseguir que o governador Renan Filho envie ao Poder Legislativo projetos

Internações por Covid aumentam e governador Renan Filho apela por cuidados

Mesmo considerado menos letal, o novo coronavírus fez a média móvel de mortes pela

Contratações de pessoas no Ensino Superior crescem 51% em Alagoas

Por Lucas Thaynan, da Agência Tatu Em Alagoas, de janeiro a outubro deste ano,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *