quarta-feira 7 de dezembro de 2022

Para garantir avanços em Alagoas, Paulo Dantas deve se alinhar ao governo Lula e não temer adversários

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação

Paulo Dantas precisa montar secretariado e gestão em conformidade com a política do presidente Lula | Divulgação

A partir de sua posse, no dia 1º de janeiro próximo, o governador Paulo Dantas (MDB), agora com um mandato inteiro (4 anos), deverá montar o novo governo com as forças políticas que o apoiaram. Essa questão parece simples, ou apenas um detalhe burocrático, mas não é.

A nova estrutura do governo de Alagoas deve corresponder, na medida do possível, ao que o governo Lula apresentará à sociedade. A formação e o perfil do novo secretariado deverão dialogar com o que será montado pelo governo federal.

O governador Paulo Dantas precisa ficar atento a agenda apresentada pelo presidente Lula durante a campanha, que vem sendo confirmada nas declarações pós-eleito, como fez na semana passada no Egito, durante a Conferência do Meio Ambiente, a Cop27.

A pauta de temas apresentados pelos movimentos sociais a Lula, passa pela juventude, mulheres, direitos humanos, LGBTQIA+, povos originários, quilombolas, meio ambiente/clima, pessoas com deficiência, pessoas em situação de rua, desigualdade social, além da segurança pública. A fome é o principal ponto a ser erradicado.

São políticas públicas que foram destroçadas nas gestões de Michel Temer e Jair Bolsonaro, e que, para serem retomadas, exigem a criação de órgãos e secretarias que façam interface com o governo federal.

Para que Alagoas continue avançando, o governador Paulo Dantas não terá outro caminho senão reduzir extraordinariamente a desigualdade social, investindo recursos públicos massivamente, e com inteligência, nas localidades onde está concentrada a população excluída. Para tanto, terá que rearticular o arranjo político atual, de forma a implementar com eficiência as políticas públicas que serão implantadas com prioridade pelo presidente Lula.

Neste sentido, Paulo Dantas não pode ficar preso ao passado, nem temer a crítica dos adversários.

Mais lidas

Redes bolsonaristas usam Lula, PT e religião na convocação para o 7 de setembro

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação Por Bruno Fonseca, da Agência

Equatorial deve reposicionar postes para permitir construção de rodovia

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação A juíza Marcli Guimarães, da

Linha que atende a Avenida Rota do Mar receberá reforço nos dias úteis

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação A Superintendência Municipal de Transportes

O que defendem os deputados federais de Alagoas

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação A bancada de Alagoas na

Paulo Dantas não empolga aliados e sua escolha para governador-tampão dá sinais de esvaziamento

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação A indicação do nome do

Antes de greve geral, policiais civis fazem manifestação cobrando reajuste salarial

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação Em luta para conseguir que

Internações por Covid aumentam e governador Renan Filho apela por cuidados

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação Mesmo considerado menos letal, o

Contratações de pessoas no Ensino Superior crescem 51% em Alagoas

20 de novembro de 2022 6:34 por Da Redação Por Lucas Thaynan, da Agência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *