quarta-feira 7 de dezembro de 2022

Prefeitura de Maceió retira mais de 650 toneladas de entulho de galerias entre janeiro e outubro

Serviço ameniza alagamentos e combate o descarte irregular de lixo
Acúmulo de lixo dispensados em galerias é um dos grandes responsáveis por alagamentos em período de chuvas | Junior Bertoldo/Ascom Seminfra

Mais de 650 toneladas de entulho já foram retiradas das galerias de águas pluviais pela Secretaria de Infraestrutura de Maceió entre janeiro e outubro deste ano na capital. Isso se deve a um intenso trabalho de desobstrução, limpeza e reparos no sistema de drenagem da cidade.

As equipes de técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) contam com oito caminhões de hidrojateamento, que dispõem de equipamentos da mais alta tecnologia para a desobstrução do sistema de drenagem de galerias pluviais, o que possibilitou que os trabalhos fossem intensificados a partir de julho, quando houve aumento significativo de retirada de resíduos das galerias, saltando de 24 toneladas de lixo em junho, para 121 toneladas. Em setembro, a quantidade foi ainda maior, 147 toneladas.

O cruzamento entre as vias Estrada Duas Bocas e a Avenida Garça Torta, no Benedito Bentes é exemplo da intensificação dos trabalhos de desobstrução das galerias. Antes da intervenção o local contava com 100% das tubulações assoreadas e comprometidas. Moradores e comerciantes do local contam que agora trabalham sem medo de alagamentos durante o período de chuvas.

“Tem muito tempo que a gente vivia com esse problema do alagamento, sempre foi assim, atrapalhava todo mundo por aqui e foi esse ano que melhorou bastante por conta do serviço que fizeram de limpeza nos bueiros, a gente não teve mais esse problema de alagamento”, disse Lidiane de Lima, dona de um açougue no local.

Maria Selma mora e trabalha na região há mais de 25 anos. Ela conta que durante todo esse tempo sempre conviveu com os constantes alagamentos na frente do seu estabelecimento e só agora pode ficar tranquila durante as chuvas.

“Era horrível, qualquer chuvinha alagava tudo, entrava água na lanchonete, os carros passavam e jogavam água da rua nos nossos clientes, era muito ruim. Agora depois do serviço que fizeram no encanamento melhorou muito, fica tudo limpo, sequinho e não alaga mais”, afirmou.

Fonte: Secom Maceió

Mais lidas

Redes bolsonaristas usam Lula, PT e religião na convocação para o 7 de setembro

Por Bruno Fonseca, da Agência Pública Saem as ameaças ao ministro Alexandre de Moraes

Equatorial deve reposicionar postes para permitir construção de rodovia

A juíza Marcli Guimarães, da 1ª Vara Cível da Capital, determinou que a Equatorial

Linha que atende a Avenida Rota do Mar receberá reforço nos dias úteis

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informa que, a partir desta segunda-feira

O que defendem os deputados federais de Alagoas

A bancada de Alagoas na Câmara Federal é formada pelos deputados Arthur Lira (PP),

Paulo Dantas não empolga aliados e sua escolha para governador-tampão dá sinais de esvaziamento

A indicação do nome do deputado estadual Paulo Dantas (MDB/AL) para ser o governador-tampão,

Antes de greve geral, policiais civis fazem manifestação cobrando reajuste salarial

Em luta para conseguir que o governador Renan Filho envie ao Poder Legislativo projetos

Internações por Covid aumentam e governador Renan Filho apela por cuidados

Mesmo considerado menos letal, o novo coronavírus fez a média móvel de mortes pela

Contratações de pessoas no Ensino Superior crescem 51% em Alagoas

Por Lucas Thaynan, da Agência Tatu Em Alagoas, de janeiro a outubro deste ano,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *