quarta-feira 7 de dezembro de 2022

Aos 81 anos, morre Erasmo Carlos, símbolo da Jovem Guarda

Ele estava internado no Hospital Barra D'Or, na zona oeste do Rio

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação

Reprodução/Instagram

O cantor e compositor Erasmo Carlos, 81 anos, morreu hoje (22) em decorrência de problemas causados por uma síndrome edemigênica (quando há excesso de líquido nos tecidos do corpo), informou o filho do cantor Gil Eduardo Esteves. Ele estava internado no Hospital Barra D’Or, na zona oeste do Rio.

Um dos principais nomes do movimento da Jovem Guarda, junto com Roberto Carlos e Wanderléa, nos anos 60, Erasmo Carlos nasceu no Rio de Janeiro, em 1941. No final da década de 1950, passou a integrar o grupo The Boys of Rock, que depois passou a se chamar The Snakes.

Em 1962, Erasmo tem sua primeira composição, Eu Quero Twist, uma parceria com Carlos Imperial, gravada por Agnaldo Rayol. Ainda no início dos anos 1960, tem uma breve passagem pelo grupo Renato e seus Blue Caps, com quem gravou o segundo LP da banda.

Em 1964, começa a carreira solo, gravando o compacto Terror dos Namorado e a música Festa de Arromba, um de seus primeiros grandes sucessos, ambos feitos em parceria com Roberto Carlos. Ainda com Roberto, gravou Quero que Tudo Vá pro Inferno.

Em 1965, passa a comandar, com Roberto Carlos e Wanderléa, o programa musical Jovem Guarda, na TV Record. No mesmo ano, lança seu primeiro LP, A Pescaria.

Também atua em filmes como Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa (1969), A 300 Quilômetros por Hora (1970), ambos do diretor Roberto Farias, e Os Machões (1971), dirigido por Reginaldo Faria.

Em sua longa carreira, gravou músicas próprias, muitas em parceria com Roberto Carlos, e composições de músicos como Caetano Veloso, Ary Barroso, Taiguara, Belchior e Gilberto Gil.

Lançou também diversos álbuns como Erasmo Carlos e os Tremendões (1970), Carlos, Erasmo (1971), Erasmo Carlos Convida (1980), Mulher (1981), Amar pra Viver ou Morrer de Amor (1982), Apesar do Tempo Claro (1988), Para Falar de Amor (2001), Santa Música (2004) e Rock and Roll (2009).

Repercussão

A última publicação no Instagram de Erasmo Carlos até o começo desta tarde havia sido há quatro dias. O cantor comemorava o Grammy Latino que recebeu pelo álbum O futuro pertence à… Jovem Guarda na categoria Álbum de Rock ou Música Alternativa em Língua Portuguesa.

“É tão importante entender o conceito, quando ouvir a música… Existem várias formas de amor, e eu preciso de todas. Obrigado a todos que contribuíram para mais essa vitória, esse Grammy é o reconhecimento do nosso trabalho. O futuro pertence à Jovem Guarda!”, comentou. No post, músicos, artistas e amigos prestaram homenagens e lamentaram a morte do cantor.

Pelo Twitter, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva lamentou a morte. “Tremendão, amigo de fé, irmão camarada, cantou amores, a força da mulher e a preocupação com o meio ambiente”, disse e acrescentou: “Deixa saudades e dezenas de músicas que sempre estarão em nossas lembranças e na trilha sonora de nossas vidas. Meus sentimentos aos familiares, amigos e fãs de Erasmo Carlos”.

“Esse 2022 não está fácil… agora o eterno Tremendão, outro grande carioca e vascaíno, que marcou toda uma geração e foi um dos líderes da Jovem Guarda nos deixa. Seu talento e sua arte ficam marcados eternamente… muito além do horizonte! Valeu, Erasmo Carlos!”, disse o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Diversos artistas e músicos prestaram homenagens nas redes sociais. No Instagram, a cantora Maria Bethânia publicou um vídeo no qual canta com Erasmo a música As Canções que Você Fez para Mim e comentou:

“Agora eu choro só, sem ter você aqui. Perdemos Erasmo, esse ‘belo rapaz’. Nosso Tremendão! Quanta tristeza”.

A cantora Fernanda Takai pubilcou: “Foram muitos encontros e você sempre tão afetuoso…Sentiremos saudades demais, querido Erasmo”

O músico, apresentador e ex-VJ da MTV Brasil Luiz Thunderbird também se manifestou: “Erasmo Carlos, gente! Que tristeza! Tive lindos momentos ao lado dele. Sempre foi um cara bacana comigo. E com a música! Ele era muito amor”.

O também músico, ator e jornalista Leo Jaime publicou a foto de um anel que ganhou de Erasmo: “Este anel é meu talismã. Ele me foi dado por meu mestre que o usava na Jovem Guarda. Ao me dar ele disse o maior elogio que ouvi na vida: você é o Erasmo Carlos da sua geração. ❤️”

*Fonte: Agência Brasil, com informações da Reuters. Colaborou o repórter Vitor Abdala.

Mais lidas

Redes bolsonaristas usam Lula, PT e religião na convocação para o 7 de setembro

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação Por Bruno Fonseca, da Agência

Equatorial deve reposicionar postes para permitir construção de rodovia

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação A juíza Marcli Guimarães, da

Linha que atende a Avenida Rota do Mar receberá reforço nos dias úteis

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação A Superintendência Municipal de Transportes

O que defendem os deputados federais de Alagoas

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação A bancada de Alagoas na

Paulo Dantas não empolga aliados e sua escolha para governador-tampão dá sinais de esvaziamento

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação A indicação do nome do

Antes de greve geral, policiais civis fazem manifestação cobrando reajuste salarial

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação Em luta para conseguir que

Internações por Covid aumentam e governador Renan Filho apela por cuidados

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação Mesmo considerado menos letal, o

Contratações de pessoas no Ensino Superior crescem 51% em Alagoas

22 de novembro de 2022 5:25 por Da Redação Por Lucas Thaynan, da Agência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *