terça-feira 31 de janeiro de 2023

Lula deve fortalecer Frente Ampla para derrotar o fascismo e reconstruir o país

Presidente eleito terá que vencer desafios como a reeleição de Arthur Lira no Congresso para conseguir governar

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação

Lula no Nordeste | Ricardo Stuckert

Durante a campanha eleitoral, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) alertava para a necessidade do PT e os partidos aliados elegerem a maioria de deputados na Câmara Federal. Como ex-presidente, ele sabe os riscos de se ter na Presidência da Câmara dos Deputados um político de fora da base do governo.

É o caso em discussão, com a iminente reeleição de Arthur Lira (PP) para o cargo. No momento, o alagoano é dono de um latifúndio na Câmara Federal.

O que fazer? Negociar para governar. Essa possibilidade é a dura realidade da política. A diferença é que Lula é um hábil negociador e, ao contrário do que alguns pensam, o PT tem negociadores na Câmara e no Senado.

Os objetivos essenciais, para o primeiro ano do governo, é colocar em pé as políticas públicas. A assistência social é o carro-chefe do governo. O programa Bolsa Família e a recomposição do salário-mínimo, com aumento além da inflação, estão nos planos de Lula.

O orçamento secreto é o modus operandi pelo qual o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi dominado por Arthur Lira, Ciro Nogueira, os líderes do Centrão et caterva.

A mobilização das ruas e nas redes sociais é fundamental para manter a vigilância sobre as ações dos deputados famélicos por verbas públicas.

O pulo do gato será a aproximação da Presidência da República com os governadores e prefeitos para implementar as políticas públicas e retomar as obras paralisadas.

Esse trabalho não será fácil, porém, é necessário para romper por novos caminhos o cerco estabelecido pela banda podre da política nacional estabelecida no parlamento.

O terceiro governo Lula será completamente diferente dos dois anteriores. Isso não quer dizer que Lula mudou tanto assim, é que a realidade recrudesceu, o fascismo bateu à porta e a democracia foi abalada.

A hora é de reconstrução das instituições e de consolidação da Frente Democrática. O novo governo será amplo para derrotar o entulho autoritário no Congresso Nacional e na sociedade brasileira.

Mais lidas

Na luta contra o terrorismo PM’s alagoanos vão reforçar segurança em Brasília

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação Cinquenta policiais militares alagoanos já estão

Pré-matrícula para alunos novatos começa dia 16 de janeiro

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação A pré-matrícula para novatos da rede

Sidarta: A necessária lucidez sobre as drogas

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação Por Inês Castilho, do Outras Palavras

O maior assalto da história ao cofres da Petrobras

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação Para onde está indo o dinheiro

Bolsonaro e Silvestre Péricles fazem ‘pegadinhas’ para sucessores nos palácios

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação O primeiro dia do presidente Lula

Inep publica o cronograma para o Enem 2023

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação            

‘’A gente quer comida, diversão e arte’’, Margareth Menezes tomará posse do cargo de ministra

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação   A cantora baiana, muito bem

Governo Lula mantém MP que zera impostos sobre preços dos combustíveis até fevereiro

29 de novembro de 2022 3:44 por Redação Apesar do receio de muitos consumidores,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *