terça-feira 31 de janeiro de 2023

Globo já pressiona Lula a não investir em refinarias e a manter política que favorece o grande capital financeiro

Mudança na política do petróleo foi a causa central do golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff e da prisão política de Lula

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação

Família Marinho e Petrobrás (Foto: Divulgação)

Por Brasil 247

O jornal O Globo, que liderou a campanha pelo golpe de estado de 2016 contra a ex-presidente Dilma Rousseff e pela prisão política do ex-presidente Lula, fenômenos que abriram espaço para a mudança de rumos da Petrobras, de modo a transferir a renda do petróleo brasileiro para o capital financeiro internacional e local, já pressiona o futuro governo a não mexer na estatal, que se tornou uma das maiores pagadoras de dividendos do mundo a seus acionistas privados, às custas da sociedade brasileira.

“O plano de negócios da Petrobras para o período de 2023 a 2027 aparentemente já nasceu morto. A proposta da estatal é manter o foco nas áreas mais lucrativas, produção e exploração, com investimentos no período de US$ 78 bilhões. Ficam em segundo plano as refinarias (duas das quais já foram vendidas) e as fontes renováveis de energia. A intenção do próximo governo, porém, é inverter as prioridades, e não se afasta a possibilidade de refazer todo o plano. A partir de janeiro, a busca pelo retorno financeiro aos acionistas — a União, o maior deles — daria lugar ao uso da empresa pelo Planalto para pôr em marcha projetos políticos. É o caso das refinarias e de estender a área de atuação da empresa a novas fontes de energia”, escreve O Globo, em um editorial que considera investir em refinarias, algo essencial para qualquer petroleira de grande porte, um projeto “político”.

Rever a política de preços da Petrobrás, implantada pelo golpista Michel Temer logo após o golpe de estado de 2016, será um dos principais desafios de Lula. Tal política produziu inflação, fome, desindustrialização, aumento da desigualdade e a desorganização tributária do setor de combustíveis.

Mais lidas

Na luta contra o terrorismo PM’s alagoanos vão reforçar segurança em Brasília

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação Cinquenta policiais militares alagoanos já

Pré-matrícula para alunos novatos começa dia 16 de janeiro

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação A pré-matrícula para novatos da

Sidarta: A necessária lucidez sobre as drogas

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação Por Inês Castilho, do Outras

O maior assalto da história ao cofres da Petrobras

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação Para onde está indo o

Bolsonaro e Silvestre Péricles fazem ‘pegadinhas’ para sucessores nos palácios

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação O primeiro dia do presidente

Inep publica o cronograma para o Enem 2023

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação          

‘’A gente quer comida, diversão e arte’’, Margareth Menezes tomará posse do cargo de ministra

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação   A cantora baiana, muito

Governo Lula mantém MP que zera impostos sobre preços dos combustíveis até fevereiro

19 de dezembro de 2022 4:35 por Da Redação Apesar do receio de muitos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *