terça-feira 28 de maio de 2024

Prefeito JHC abre o Festival Verão Massayó com shows gospel

Festival segue até o próximo domingo (15) com apresentações artísticas em dois palcos no bairro Jaraguá

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação

Prefeito JHC e banda Manancial | Itawi Albuquerque/Secom Maceió

Adoração, louvor e emoção. Assim foi marcada a abertura do primeiro dia de eventos do Festival Verão Massayó, que iniciou nesta quarta-feira (11), com apresentações de grandes nomes da música gospel. O prefeito de Maceió, JHC, abriu a festividade e destacou o fomento na economia criativa da cidade, a importância de fazer um festival que atrai os mais variados públicos, e de forma gratuita. Emocionado, agradeceu o apoio e o reconhecimento dos maceioenses pelo trabalho construído pela gestão.

“É uma alegria poder estar aqui com o povo de Deus. Agradeço a todos que têm orado por mim e pelas autoridades deste país. A gente incentiva a cultura gospel porque Maceió é a cidade de todos nós. Quero agradecer a vocês e é um privilégio ser o prefeito de todos maceioenses, quero dizer que amo vocês e orem para a gente estar sempre apostos para defender Maceió. Que seja um Massayó Verão de muita paz e alegria. Agradeço a todos vocês. Muito obrigado”, ressalta o prefeito JHC.

Artistas como Aline Barros, Ungidos 4, Flavinho CN, e outros, subiram ao palco Minha Sereia, no estacionamento de Jaraguá, para levar grandes louvores ao público. Edriele Mendonça da Silva, 33 anos, veio do bairro Jacintinho para ver as apresentações de Bruna Carla e Aline Barros.

“Uma emoção muito grande, porque a gente tem um grande sonho de ver esses cantores que vêm de fora. E o meu sonho, desde pequena, era ver Bruna Carla. Já vi Bruna Carla, que o prefeito trouxe e agora vou prestigiar Aline Barros. Estou muito emocionada, conta empolgada Edriele.

Elder Nascimento, 58 anos, veio prestigiar a primeira noite do Festival Massayó Verão com a sua esposa, Sueli Andrade, 54 anos. Eles são turistas de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e vieram passar as férias em Maceió. “Eu estava até comentando com minha esposa. Gostei bastante da estrutura e da organização do evento. Estamos na expectativa de ver o show da Aline Barros e pretendemos vir nos próximos dias”, ressalta Elder.

O Palco Minha Sereia conta com apresentações de shows gospel, forró, axé, pagode, sertanejo e muito mais, com shows previstos para iniciar às 20h, a partir desta quinta-feira (12). Já o Palco Sururu foi montado na Rua Celso Piatti, no Jaraguá (em frente ao Centro de Convenções), com apresentações de MPB, pop rock, rock, reggae e outros, cujos shows vão começar na noite desta quinta, a partir das 19h.

Para garantir que os maceioenses curtam o festival, a Prefeitura de Maceió assegura passagem gratuita para a população, de 11 a 15 de janeiro. Os 31 ônibus que partem de vários destinos da capital vão operar com saída dos terminais, das 18h às 5h. Os coletivos terão, em seus letreiros, a inscrição, o número da linha e a legenda ‘Verão Massayó’. Confira aqui.

Mais serviços

Os palcos vão contar com atendimento em saúde do público, sendo dois postos médicos nas proximidades do palco Minha Sereia e um no Sururu. As pessoas com deficiência terão acesso assegurado ao evento. No palco Minha sereia foi montado um camarote acessível a cadeirantes e outros tipos de deficiência. Já o Sururu terá um acesso exclusivo para este público, que vai ficar com o lugar assegurado na frente do palco (front). Duas vans levarão as pessoas com deficiência para os locais do evento, sendo o ponto de encontro em frente ao restaurante Dragão, na Pajuçara.

Durante o evento haverá a campanha Maceió sem Assédio, que vai estar ativa em todo o Verão Massayó. A iniciativa é do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres, ação do projeto Salve Mulher. Dois espaços foram montados para denunciar assédios nos palcos Minha Sereia e Sururu, que contará com atendimento humanizado e a presença de guardas municipais.

  1. No palco Minha Sereia haverá um espaço para achados e perdidos, ao lado do camarote para pessoas com deficiência. No sururu, a ação é volante, quando prestadores de serviços com identificação, vão recolher itens e encaminhar as pessoas que estiverem perdidas para identificar amigos e parentes.

Além do serviço de coleta seletiva organizada com a parceria de cooperativas de materiais recicláveis.

Fonte: Secom Maceió

Mais lidas

Marielle: a quem se destina a terra?

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação Por Eliane Brum, do portal

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação Com o objetivo de investigar

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação O prazo para entrega da

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação A Secretaria de Estado de

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação A Polícia Federal em Brasília

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação A Federação Alagoana de Esportes

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

12 de janeiro de 2023 9:17 por Da Redação Por Stanley de Carvalho* Há

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *