sábado 18 de maio de 2024

Alagoas vai receber mais de R$ 102 milhões em recursos para a merenda

Governo Federal anunciou reajuste no repasse de recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); estado teve um aumento de quase 35% na verba do programa
Foto: Thiago Ataíde/Ascom Seduc

Alagoas vai receber mais de R$ 102 milhões em recursos do Governo Federal para a merenda escolar. Recentemente anunciado pelo presidente Lula, o reajuste nos valores do Programa Nacional de Alimentação (PNAE) vai destinar, ao longo de 2023, R$ 5,5 bilhões para a alimentação de 40 milhões de estudantes em 150 mil escolas. Para Alagoas, o reajuste no repasse foi de quase 35% quando comparado à verba destinada em 2022.

O último aumento no PNAE foi há seis anos. De acordo com informações do Ministério da Educação (MEC), os pagamentos com reajuste já começaram, e os valores a serem transferidos levarão em conta fatores como dias de atendimento e a quantidade de estudantes matriculados em cada rede/unidade de ensino.

O secretário de Estado da Educação, Marcius Beltrão, comemora a decisão. “Esse aumento chega em boa hora, pois, até então, o repasse que recebíamos da esfera federal era muito baixo. Na rede estadual, quem banca a maior parte dos recursos é o Estado, assim como fazem os municípios em suas redes. Não há dúvida de que o reajuste anunciado pelo governo federal vai proporcionar melhorias e impactar no aprendizado dos estudantes da rede pública”, avalia o gestor.

Slide 1
Slide 2

Valores

Confira os novos valores per capita da merenda após o reajuste do PNAE:

Estudantes matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA), em período parcial: R$ 0,41;

Estudantes matriculados no ensino fundamental e no ensino médio, em período parcial: R$ 0,50;

Estudantes matriculados na pré-escola, em período parcial, exceto para aqueles matriculados em escolas localizadas em áreas indígenas e remanescentes de quilombos: R$ 0,72;

Estudantes matriculados em escolas de educação básica localizadas em áreas indígenas e remanescentes de quilombos, em período parcial: R$ 0,86;

Estudantes matriculados em escolas de tempo integral com permanência mínima de sete horas na escola ou em atividades escolares, de acordo com o Censo Escolar do Inep: R$ 1,37;

Estudantes matriculados em creches, inclusive as localizadas em áreas indígenas e remanescentes de quilombos: R$ 1,37;

Estudantes contemplados no Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, com complementação financeira de forma a totalizar o valor per capita em R$ 2,56;

Estudantes que frequentam, no contraturno, o Atendimento Educacional Especializado (AEE): R$ 0,68.

Fonte: Agência Alagoas

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal em Brasília indiciou Jair Renan Bolsonaro, filho do ex-presidente Bolsonaro, pelos

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

A Federação Alagoana de Esportes Colegiais (FAEC) anunciou o calendário anual de eventos para

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

Por Stanley de Carvalho* Há 60 anos, quando os portões de Brasília começaram a

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou no último dia 6, no Suplemento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *