sábado 20 de abril de 2024

Desmascarar de vez os golpistas fascistas

Desde a vitória de Luís Inácio Lula da Silva, os fascistas tentaram de tudo para impedir sua posse, cercando quartéis, rodovias, insinuavam que o petista não assumiria e nem subiria a rampa, perderam mais uma vez.

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota

Divulgação

 

Depois de várias tentativas de golpe, como o 7 de setembro de 2021, os fascistas em nosso país querem uma CPMI para dizer que não tiveram nada com o 8 de janeiro. Em 2021, eles sentiram o peso dos movimentos sociais, foram as ruas aos milhões, pela posição firme em favor da democracia contra qualquer ameaça as liberdades e governos autoritários.

Desde a vitória de Luís Inácio Lula da Silva, os fascistas tentaram de tudo para impedir sua posse, cercando quartéis, rodovias, insinuavam que o petista não assumiria e nem subiria a rampa, perderam mais uma vez.

Lula assumiu, subiu a rampa, mesmo com a fragilidade das instituições burguesas, minadas por quatro anos de arrotos golpistas e desconstrução democrática nesse país.

Mais o ápice veio no dia 8 de janeiro, com a tentativa de tomada dos prédios que representam os três poderes, esperando uma ordem dos generais aliados do bolsonarismo e do fascismo pudessem redimir da derrota eleitoral e dar um golpe de estado.

Toda aquela ação foi filmada e divulgadas por eles mesmos. Todos ali, enaltecendo os atos de barbárie produzidos como quisessem dizer bem claramente, que venceriam no grito e pela barbárie. Isso faz parte da gêneses do fascismo, peguemos a história para entendermos que este tipo de prática política faz parte do ideário fascistóide, Itália e Alemanha são exemplos claros disso.

Uma ausência e vácuo na política produz este fenômeno que infelicita a maioria da população, principalmente a classe trabalhadora, que pagou um preço enorme naqueles países e pagaria um preço ainda maior, caso eles vencessem as eleições.

Pois então, agora, a turba dos fascista, agrupados no Congresso Nacional, clamam por uma CPMI para investigar os atos do dia 8 de janeiro, aquele mesmo que eles organizaram e barbarizaram.

Dizem eles que não tiveram nada com aquilo, foram coisas de infiltrados da esquerda, mas como assim? Sei, devem ter sido rapidamente abduzidos pelos tais Ets que eles clamavam em frente aos quartéis de forma enlouquecida e patética.

Mas imagens por si só já mostraram quem estavam lá, até defecaram ao vivo e a cores para todo Brasil ver, aliás, fazer merda, literalmente falando, foi sempre o que fizeram, lascaram este país, com um presidente que sempre vislumbrou um país com ele seus filhos mandando e o povo sendo escravizado.

Tenho opinião que o governo Lula, devia apoiar uma CPMI ( parece que agora comprou a ideia), deve sim investigar e desmoralizar esta corja, colocar na cadeia os autores materiais e intelectuais daquela tentativa golpista.

Como escrevi no início, a narrativa surreal dos fascistas é próprio deles, lembremos que mentor de todos eles, Adolf Hitler e suas turbas de fanáticos, colocou fogo no parlamento alemão e jogou a culpa nos comunistas e socialistas, abrindo espaço para que ele desse um golpe e assumisse o poder total e instaurasse um governo da morte, xenófobo, racista, reacionário que levou mais tarde a humanidade a uma guerra que ceifou vidas, cerca de 70 milhões a morte.

Jogam com a mentira o tempo todo, essa do dia 8 de janeiro é mais uma, querem desviar o foco das joias que seriam surrupiadas pelo ex-presidente e sua gang de malfeitores. Que a população brasileira fique atenta, os fascistas tentarão o tempo todo dar um golpe neste país, por isso a necessidade da mobilização permanente dos movimentos sociais, só o povo nas ruas em defesa da democracia pode garantir nossas liberdades.

O capitalismo já provou que vive da super exploração dos trabalhadores, quase 3 bilhões de seres humanos passam fome no mundo, aqui no Brasil, nos últimos seis anos, cerca de 30 bilhões entraram na lista dos que passam fome, cerca de 120 milhões vivem na insegurança alimentar. Não tem justificativa que queiram dar para tentar explicar esta calamidade colossal, no capitalismo é disso para pior.

Quando o capitalismo, como agora, passa por problemas em aplicar suas teses econômicas que ferram os trabalhadores, eles recorrem a governos autoritários para poder aplicar seus planos econômicos da morte. Estes governos autoritários passam logo para posições fascista, de supressão total das liberdades democráticas, foi isso que o Bolsonaro e sua quadrilha quis fazer em nosso país.

Vivemos ainda esta disputa, ganhar eleitoralmente é uma coisa, a outra é ganhar ideologicamente, varrer para a lata do lixo da história, para o esgoto mesmo, estas ideias fascistas, que servem apenas a uma pequena classe de privilegiados. Não se pode conciliar com estes setores que geram sofrimento a população. Punição para os golpistas de 1964, punição para os golpistas de 2023!

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota Com o objetivo de investigar

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota O prazo para entrega da

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota A Secretaria de Estado de

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota A Polícia Federal em Brasília

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota A Federação Alagoana de Esportes

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota Por Stanley de Carvalho* Há

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

21 de abril de 2023 12:21 por Nivaldo Mota A Secretaria de Estado da

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *