segunda-feira 15 de julho de 2024

Dos Livros Que Li

BALADA DO TEMPO INACABADO (Celso Viáfora)

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro

Sou daqueles que acham que um é pouco, dois é bom e três são suficientes para que tenhamos a noção exata da genealogia criativa e estrutural de um autor e sua obra literária, musical ou lítero-musical, como queiram. Portanto, o grande Celso Viáfora, com o lançamento do seu terceiro romance, ‘Balada do Tempo Inacabado’, e quarto livro, pois o livreto que encarta o CD A Vida É constitui um belíssimo e importante tomo, nos revela a coerência do estilo de um escritor maturado, cuja vivência tem sido vasta em argumentos ilimitados à criatividade. Como mestre, tece sua prosa poética repleta de sonoridades e objetividade assertiva, atributos conferidos a quem possui habilidades do admirável e improvisa matéria-prima e ferramenta a um só tempo.

Sou daqueles, também, que acham que o prefácio de um livro tem a prerrogativa do aroma que prenuncia o quanto saboroso ele será. O prefácio escrito por Vinícius Calderoni (ele foi o montador do premiadíssimo filme Os Sapatos de Aristeu, do querido René Guerra) traduz essa possibilidade e vai da pessoalidade declarada até ao ponto de vista preciso sobre a obra, findando com a substância dessa frase: “A leitura termina, mas o livro continua – como a vida.” Destarte, depois de lê-lo, quem seria capaz de negá-la?

Romance Histórico

Em ‘Balada do Tempo Inacabado’ o autor usa a terceira pessoa para a narrativa e cunha artifícios, tipo uma espécie de disortografia (longe do conceito de transtorno), como recurso para descrever os sonhos do protagonista. Per se, evidencia engenhosidade em narrativas diferenciadas e estimulantes, onde duas personagens coabitam um só ser, em tempo e espaços definidos e delimitados cronológica e geograficamente. Porém, reforça arquétipos, que apresentam padrões de comportamento e emoções distintas, onde o amor, adornado pela atmosfera musical da narrativa, perpassa questões climáticas, econômicas, políticas e pandêmicas, fazendo-se tão imponente quanto a Cordilheira dos Andes, num amálgama criativo entre ficção e fatos reais. Mais uma vez, para nosso gáudio, o amor é o cerne de outro belo e instigante romance histórico do Mestre Celso Viáfora.

No +, MÚSICABOAEMSUAVIDA!!!!

Mais lidas

Além da pressão dos aliados, JHC tem agora que enfrentar ação no MP por R$

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro Na busca para reeleger-se, o

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro Com o objetivo de ajudar

STF volta a julgar recurso de Collor para anular condenação por corrupção na Lava-Jato

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro O Supremo Tribunal Federal (STF)

Marielle: a quem se destina a terra?

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro Por Eliane Brum, do portal

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro Com o objetivo de investigar

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro O prazo para entrega da

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

30 de agosto de 2023 10:40 por Mácleim Carneiro A Secretaria de Estado de

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *