sábado 20 de abril de 2024

Preços de hotéis e aluguéis podem abalar vivência turística em Paris

Estudo sinaliza alta de até 475% do valor da diárias em julho de 2024
Foto: Benoit Tessier

Por Julien Pretot, da Reuters

Os turistas que vão a Paris no próximo ano para os Jogos Olímpicos enfrentarão grandes problemas com a alta dos preços dos hotéis e uma repressão contra o aluguel de apartamentos turísticos.

Um relatório do gabinete de turismo de Paris mostrou que o preço dos hotéis pode subir 314% entre o verão de 2023 e o de 2024.

“Queremos jogos populares, e não podemos realizar jogos populares com diária a 700 euros”, afirmou nessa segunda-feira (20) Frederic Hocquard, vice-prefeito de Paris para o turismo e a vida noturna.

O estudo também criticou os hotéis parisienses por demorar muito tempo para abrir suas plataformas de reserva para os Jogos, que ocorrerão de 26 de julho a 11 de agosto.

“Cerca de 66% dos hotéis ainda não estão disponíveis para reserva no período da Olimpíada”, informou.

De acordo com o gabinete de Turismo da cidade, uma diária na região de Paris custava 169 euros (R$ 899) em julho de 2023, mas deve subir para 699 euros (R$ 3.718) no mesmo período do ano que vem.

“O aumento é de 366% para as propriedades duas estrelas e 475% para as três estrelas”, informou o órgão.

Os visitantes podem optar pelo Airbnb, mas o Parlamento francês deve aprovar uma lei contra o aluguel ilegal de casas para turismo. Na cidade, os moradores podem alugar seus lares por no máximo 120 dias por ano. O Congresso deve aprovar uma lei para que os locadores sejam taxados.

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal em Brasília indiciou Jair Renan Bolsonaro, filho do ex-presidente Bolsonaro, pelos

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

A Federação Alagoana de Esportes Colegiais (FAEC) anunciou o calendário anual de eventos para

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

Por Stanley de Carvalho* Há 60 anos, quando os portões de Brasília começaram a

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou no último dia 6, no Suplemento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *