sábado 20 de abril de 2024

Braskem pode ser condenada na Holanda este ano por desastre em Maceió

Moradores de Maceió pedem que Braskem seja condenada por danos morais e materiais; afundamento de bairros na cidade aconteceu em 2018

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação

Moradores dos Flexais pedem socorro nos arredores de mina da Braskem prestes a colapsar | Kiko Cavalcanti

Por Guilherme Amado, do Metrópoles

A Justiça holandesa pode condenar a Braskem ainda este ano pelo afundamento de bairros causado pela exploração de sal-gema em Maceió, ocorrido em 2018. A Corte de Rotterdam analisa nesta quinta-feira (15/2) o mérito do processo contra a petroquímica movido por no nove moradores da capital alagoana.

Ao fim da audiência de hoje, que será de oitiva das partes, a juíza responsável pode definir a data para publicação da sentença.

Os autores da ação, representados pelo escritório Pogust Goodhead, reivindicam danos morais e materiais. Em 2020, os tribunais holandeses confirmaram a jurisdição do caso.

“Além dos nove clientes que estão enfrentando corajosamente a Braskem na Holanda, milhares de outros moradores de Maceió já demonstraram interesse em ingressar em uma nova ação de reparação devido aos danos decorridos pelos afundamentos”, afirmou o advogado das vítimas, Tom Goodhead.

Procurada, a Braskem pontuou que a ação em curso na Holanda é individual e não coletiva e está em fase inicial, e afirmou que já propôs um acordo aos autores da ação, que não foi aceito.

“Vale destacar que a única decisão existente determinou que o processo continue para a fase de avaliação do mérito. A Braskem informa ainda que os autores dessa ação movida na Holanda já receberam proposta no âmbito do Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação” afirmou nota da empresa enviada à coluna.

A petroquímica afirmou ainda que, por meio de seus representantes, vem adotando as medidas processuais cabíveis, e reafirmou seu compromisso em “não poupar esforços para preservar a segurança das pessoas e realizar a compensação financeira no menor tempo possível”.

“Por meio do Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação (PCF), 99,8% das propostas de indenização previstas foram apresentadas e 94% já foram pagas”, disse a nota.

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação Com o objetivo de investigar

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação O prazo para entrega da

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação A Secretaria de Estado de

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação A Polícia Federal em Brasília

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação A Federação Alagoana de Esportes

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação Por Stanley de Carvalho* Há

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

15 de fevereiro de 2024 12:13 por Da Redação A Secretaria de Estado da

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *