segunda-feira 15 de julho de 2024

Tarcísio de Freitas: o carniceiro de São Paulo

Governador fez a opção pelas execuções sumárias como método de atuação nas periferias das cidades
Tarcísio de Freitas, governador do estado de São Paulo | Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O governador de São Paulo, o ex-militar Tarcísio Freitas (Republicanos), autorizou a Polícia Militar a agir com violência extrema. Em pouco mais de um mês, o governo Tarcísio de Freitas soma 43 mortes na Baixada Santista.

A Ouvidoria das polícias trabalha com relatos de tortura e assassinatos praticados pelos policiais. O ouvidor, ao concluir o relatório, enviará ao Ministério Público e à Secretaria da Segurança Pública.

Tarcísio de Freitas fez a opção pelas execuções sumárias como método de atuação nas periferias das cidades. Sob o discurso de que é necessário combater o PCC, a ordem dada é de matar quem aparecer pela frente.

Dezenas de casos que caracterizam execuções, inclusive de pessoas com deficiência visual, ocorreram na presença dos familiares das vítimas.

O carniceiro de São Paulo

A Operação Escudo foi desencadeada na Baixada Santista em 27 de julho de 2023, após a morte do soldado Patrick Bastos Reis, integrante da equipe das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), baleado e morto em Guarujá.

A ordem de vingança tem sido a política estabelecida pelo governador e pelo secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite. Durante a Operação Escudo, 38 pessoas foram assassinadas pela PM, somente no período entre o dia 23 de julho e 21 de setembro. De 1º de janeiro a 12 de março de 2024, foram assassinadas mais 43 pessoas. A soma desses dois momentos bate as 81 mortes efetuadas pela Polícia Militar de São Paulo.

Fonte: Agência Brasil

Mais lidas

Além da pressão dos aliados, JHC tem agora que enfrentar ação no MP por R$

Na busca para reeleger-se, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC, precisa

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

Com o objetivo de ajudar tabagistas a se livrarem do vício em cigarros, o

STF volta a julgar recurso de Collor para anular condenação por corrupção na Lava-Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a movimentar o processo em que o ex-presidente

Marielle: a quem se destina a terra?

Por Eliane Brum, do portal Sumauma “Quem possui a terra possui o homem.” Essa

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *