quinta-feira 23 de maio de 2024

Maceioenses devem atualizar dados cadastrais do imóvel junto ao Município

Recadastramento vale para todos os imóveis localizados na capital e deve ser feito pela internet, no site da Fazenda Municipal
Foto: Secom Maceió

Os maceioenses que ainda não realizaram o Recadastramento Imobiliário, iniciado em 2023, devem ficar atentos e atualizar as informações do imóvel junto à Prefeitura de Maceió. O Recadastramento vale para todos os imóveis localizados na capital, sejam eles edificados ou não, e deve ser feito pelo titular ou co-titular do imóvel. Todo o processo é feito pela internet, no site de serviços da Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz), aqui.

O cidadão deve acessar a plataforma com a conta do Gov.br, conferir se as características do imóvel descritas pelo sistema condizem com as condições atuais e confirmar ou informar se houve algum tipo de alteração, destacando qual dado é divergente. Ao acessar a plataforma, o cidadão também tem acesso a todos os imóveis que estão vinculados ao nome dele.

Em caso de dúvidas, há um vídeo tutorial na página do Recadastramento, orientando sobre o passo para o processo, esclarecendo também, as principais dúvidas sobre o uso da plataforma e que tipo de informação cadastral deve ser repassada a

Com a iniciativa, a Fazenda Municipal busca atualizar o banco de dados cadastral imobiliário do Município. Isso irá ajudar o poder público a entender e mapear informações importantes sobre a distribuição imobiliária na capital.

“Este é uma oportunidade para o cidadão alinhar as informações reais sobre o seu imóvel junto ao banco de dados da Prefeitura. Isso irá ajudar o Município a entender melhor a situação dos imóveis em Maceió e corrigir questões recorrentes, como titularidade, por exemplo’’ explica o diretor de Atendimento ao Contribuinte da Fazenda Municipal, Phillippe Félix.

A Secretaria Municipal de Fazenda disponibiliza o e-mail atendimento@sefaz.maceio.al.gov.br para tirar dúvidas e oferecer orientações de forma remota.

Fonte: Assessoria

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal em Brasília indiciou Jair Renan Bolsonaro, filho do ex-presidente Bolsonaro, pelos

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

A Federação Alagoana de Esportes Colegiais (FAEC) anunciou o calendário anual de eventos para

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

Por Stanley de Carvalho* Há 60 anos, quando os portões de Brasília começaram a

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou no último dia 6, no Suplemento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *