quinta-feira 23 de maio de 2024

Pistoleiro de MG foragido há 20 anos foi eleito suplente de vereador em Alagoas

Suspeito foi preso no interior do estado nordestino nesta quarta-feira (3), durante operação do Ministério Público de Minas Gerais
Suspeito foi detido na cidade de Piranhas (AL), onde chegou a ser eleito suplente de vereador — Foto: PREFEITURA DE PIRANHAS / DIVULGAÇÃO

Por José Vítor Camilo, do O Tempo

Um temido pistoleiro do Norte de Minas, que estava foragido há cerca de 20 anos, foi preso na quarta-feira (3 de abril) na cidade de Piranhas, no estado de Alagoas, pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). O suspeito J.I.M.M., que não teve a idade divulgada, utilizava um nome falso na cidade do interior nordestino e chegou, inclusive, a ser eleito como suplente de vereador nas eleições de 2020.

Segundo o órgão, a prisão fez parte da sexta fase da operação “Beholders”, que foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) de Montes Claros em parceria com a Polícia Militar (PMMG) e o Gaeco de Alagoas. As equipes especializadas apoiavam a promotoria de Justiça de Monte Azul, município de 20 mil habitantes no Norte de Minas onde, em 2004, o suspeito teria cometido o homicídio que levou à sua condenação com penas que podem chegar a 30 anos de prisão.

O suspeito também já tinha sido condenado a 14 anos de reclusão por roubo qualificado registrado no município de Nanuque, no Vale do Mucuri. Além disso, ainda conforme o Ministério Público, o “pistoleiro” também tinha uma condenação anterior pela Justiça Militar, o que indica que o homem seria um ex-policial.

Homem era temido na região, diz MPMG

Ainda de acordo com o MPMG, na época do crime o suspeito era considerado um “temido pistoleiro” em várias regiões de Minas Gerais, tendo uma extensa ficha criminal, com homicídios tentados e consumados, roubos qualificados, lesões corporais, ameaça e rapto, entre outros registros criminais.

“Para se manter impune, em Piranhas, ele se apresentava com nome e documentação falsos, sendo inclusive eleito suplente de vereador nas eleições municipais de 2020. Após trabalho de inteligência com técnicas de investigação avançadas, a equipe do Gaeco de Montes Claros deslocou-se até a cidade de Piranhas, em Alagoas, e, em apoio à Polícia Militar daquele estado, foi possível localizar e prender o foragido”, detalhou o órgão de Justiça.

A reportagem de O Tempo tentou contato com a Câmara Municipal de Piranhas (AL), mas ninguém foi localizado para comentar a prisão do suplente pela Justiça mineira.

Suspeito deverá ser transferido para Minas

Depois da prisão na cidade nordestina, o MPMG agora entrará com uma solicitação para que o suspeito seja transferido. O objetivo é que ele responda pelos delitos na Justiça de Minas Gerais. Além disso, os promotores também alertarão as autoridades alagoanas para que seja apurada a utilização de documentos falsos pelo homem.

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal em Brasília indiciou Jair Renan Bolsonaro, filho do ex-presidente Bolsonaro, pelos

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

A Federação Alagoana de Esportes Colegiais (FAEC) anunciou o calendário anual de eventos para

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

Por Stanley de Carvalho* Há 60 anos, quando os portões de Brasília começaram a

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou no último dia 6, no Suplemento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *