quinta-feira 23 de maio de 2024

HGE é referência na assistência a vítimas de acidentes de trabalho

Unidade atendeu 168 pacientes no primeiro trimestre; no mesmo período do ano passado foram assistidas 304 pessoas feridas no ambiente laboral ou a caminho dele
O cirurgião-geral Amauri Clemente explica que a imprudência e o desuso, ou bom uso, dos equipamentos de proteção são as principais causas dos acidentes de trabalho | Thallysson Alves

Referência no atendimento a vítimas de acidentes de trabalho, o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, assistiu, no primeiro trimestre deste ano, 168 pacientes acometidos por este problema. No ano passado, 898 usuários feridos no ambiente laboral ou a caminho dele também foram assistidos na maior unidade hospitalar pública de Alagoas, sendo 304 no período de janeiro a março.

O cirurgião-geral do HGE, Amauri Clemente, explicou que a imprudência e o desuso, ou mau uso, dos Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) são as principais causas dos acidentes de trabalho. Hábitos que causam traumas em diferentes partes do corpo, podendo gerar sequelas e incapacitações para toda vida. Entretanto, também é necessário considerar outras consequências de longas jornadas de trabalho.

Foto: Thallysson Alves

“A OMS [Organização Mundial da Saúde] e a OIT [Organização Internacional do Trabalho] já publicaram um estudo que indica que longas jornadas de trabalho levaram a 745 mil mortes por AVC [Acidente Vascular Cerebral] e doença isquêmica do coração somente em 2016. As longas jornadas de trabalho são sabidamente responsáveis por cerca de um terço da carga total estimada para doenças relacionadas ao trabalho”, pontuou o médico.

Ou seja, o quantitativo crescente de pessoas que sofrem um infarto agudo do miocárdio, por exemplo, também é derivado do tempo excessivo de dedicação ao trabalho, por vezes combinados a maus hábitos alimentares, sedentarismo, exposição a agentes nocivos e não regularidade na realização de exames de rotina. Contudo, é preciso considerar as consequências futuras das prioridades que são dadas agora.

“No HGE, nós realizamos um trabalho contínuo de conscientização, oportunizando os servidores a se cuidarem. O SQVT [Serviço de Qualidade de Vida no Trabalho] promove diversas atividades e oferece atendimento gratuito também a quem alega não ter tempo de marcar uma consulta. Temos nutricionista, psicólogos, psiquiatra, dentista, médico do trabalho, enfermeiro e outros profissionais dedicados à saúde do trabalhador”, informou a coordenadora do SQVT do HGE, Karlla Martiniano.

Foto: Thallysson Alves

A Engenharia do Trabalho também está incluída nesse esquadrão, realizando visitas nos locais de trabalho, orientando boas práticas, esclarecendo dúvidas e efetuando as notificações necessárias para o alcance de adequações. Noções sobre ergonomia, processos de trabalho, utilização correta de equipamentos, conceitos diversos e até fluxos internos estão nas rodas de conversas promovidas pelo setor.

“O uso de adornos, o não uso dos EPIs, a higienização incorreta das mãos, a falta de atenção durante o trabalho e até o sono ainda são dificuldades que notamos nos profissionais. Contra isso, nos colocamos disponíveis para ouvir, buscar alternativas e até dar encaminhamentos, se necessário, para que o nosso trabalhador possa estar em um local mais seguro, com menor risco de acontecer acidentes”, afirmou Karlla Martiniano.

Por Agência Alagoas

Mais lidas

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal em Brasília indiciou Jair Renan Bolsonaro, filho do ex-presidente Bolsonaro, pelos

FAEC anuncia calendário anual de eventos esportivos para o público escolar

A Federação Alagoana de Esportes Colegiais (FAEC) anunciou o calendário anual de eventos para

Bar do Doquinha: o lar enluarado da boemia

Por Stanley de Carvalho* Há 60 anos, quando os portões de Brasília começaram a

Seduc anuncia processo seletivo para a Educação Especial

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou no último dia 6, no Suplemento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *