quinta-feira 13 de junho de 2024

Nunca pecamos, por Oswaldo Epifânio

O paraíso é distante na mesma proporção da andada de nossas mentiras

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação

Reprodução/Canção Nova

Por Oswaldo Epifânio

Os seres suspensos, que voam sobre nossas cabeças, alados, e que conseguem viver no piso das nuvens, estão nas mentes e não nas calçadas da casa da gente, nem muito menos nos desenhos das paredes de nossa infância, quadros de fantasmas e de monstros desenhados pela nossa imaginação no reboco sujo do quarto estreito.

Não têm cores, rostos, odores, pele e nem espirram, esses tais.

E ainda castigam, definem o destino, perdoam os pecados. Não se aborrecem, nem se manifestam nas alegrias como nós, os imbecis. Por isso são, assim, também imbecis, do meu jeito.

Mas não é sobre isso que pretendo dizer, sobre os deuses danados, com aquelas salivas saídas das orações pela redenção dos pecados.

Quero falar das atribuições.

O que transferimos para esses seres subaquáticos das lágrimas da representação é um horror. Como seres oportunistas, sempre criamos as divindades para ocuparem o lugar da mais incrível manha humana: “isso não é comigo”.

Os deuses, o Deus, os orixás, o trovão e a terra molhada, vejo, são muito mais usados pelas  nossas querências do que mesmo pela morte severina.

Saímos da fé em um (D)deus, ou de uma vaca indiana, para a mais escabrosa das mentiras humanas: “peço perdão”.

Não somos pecadores, ora, somos cruéis.

Por isso mesmo, não adianta pedir a salvação. Bobagem querer salvar a própria ignomínia.

Tolice tentar dizer a si mesmo que está em paz com os próprios arrependimentos.

Não adianta!

O tempo para pedir perdão e salvação não existe, simplesmente.

O que aparece é uma chuvinha de espuma para enganar deus e o diabo, quando dobramos os joelhos e, com um olhar oblíquo machadiano, balaçamos nossos lábios em direção aos santos imóveis.

O paraíso é distante na mesma proporção da andada de nossas mentiras.

Quanto menos mentimos, mais próximo estaremos da paz de nossas crenças, embora o ser humano nunca tenha sido feito para deixar de mentir.

A fé é uma mentira sagrada que usamos para enganar nossas divindades.

E aviso: elas não são tolas e só ficam de frente para as nossas ventas se as tivermos como seres reais e não como entes amassados pelos nossos suspiros falsos de adoração.

Sim.

Não há (D)deus sem o cheiro doce de uma estradinha de terra malvada, sem o apetite do bebê pelo peito da mãe, sem a diversa franquia da solidão, sem a altura de uma música de amor sincero, sem uma reza para São José, sem a manhã tecida pelo galo do João Cabral,  sem a esmola dada por outro esmolé, sem o jogo de chimbra, sem o grito de gol com o palavrão entre os braços, sem a safadeza na alcova, sem a benção do frade de barba distorcida, sem um verão de lascar, sem a vida virada pelo averso, sem o Djavan, sem o cheiro de caju, sem a subida dos degraus da catedral, sem ouvir o Bituca, sem frieira, sem a lembrança do primeiro beijo, sem o “caso sério” da Rita Lee, sem a raiva cotidiana, sem o sonho inútil, sem o canto da ema, sem a preguiça, sem “qualquer maneira de amor vale a pena”, sem a falta de tempo pra pensar, sem o agarradinho dos amigos, sem a ave-maria  do gonzagão, sem o beco da coruja, sem Fernanda Montenegro, sem a poesia do Pessoa. Não.

Melhor mesmo é sair por aí feito um ser humano.

*Pife

Mais lidas

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação Com o objetivo de ajudar

STF volta a julgar recurso de Collor para anular condenação por corrupção na Lava-Jato

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação O Supremo Tribunal Federal (STF)

Marielle: a quem se destina a terra?

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação Por Eliane Brum, do portal

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação Com o objetivo de investigar

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação Em meio à epidemia de dengue

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação A Secretaria de Estado de

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

18 de maio de 2024 3:38 por Da Redação A Polícia Federal em Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *