sexta-feira 14 de junho de 2024

Encontro de Adoção levará discussões sobre o tema ao Maceió Shopping, em 24 e 25 de maio

Programação do evento conta com palestras sobre entrega legal de criança para adoção, curso para pretendentes, riscos da adoção irregular, entre outros temas
Arte: Dicom TJAL

O 13º Encontro Estadual de Adoção, promovido pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), acontecerá nos dias 24 e 25 de maio, no Maceió Shopping, e levará ao público diversas discussões sobre o assunto. Entrega legal de criança para adoção, risco da adoção irregular, perda do poder familiar, curso para pretendentes à adoção, entre outros, estão na programação do evento.

Durante os dias do encontro, das 10h às 22h, haverá plantonistas para repassarem orientações sobre adoção e apadrinhamento, além de exibição de vídeos do projeto Adoções Possíveis.

Um exposição fotográfica com famílias formadas por adoção também acontecerá durante o evento. A abertura da exposição acontecerá às 9h, no dia 24.

Sexta-feira (24)

Na sexta (24), das 9h às 11h, acontecerá uma roda de conversa para equipes multidisciplinares do TJAL, do serviço de acolhimento e público em geral para dialogar sobre o desenvolvimento da criança adotada, acompanhamento do estágio de convivência e o papel das equipes técnicas nesse processo.

A abertura oficial do evento acontecerá às 12h, com a presença do presidente do TJAL, desembargador Fernando Tourinho, juízes, integrantes da 28ª Vara, da Coordenadoria da Infância e Juventude, Defensoria Pública, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil, entre outros.

Às 15h, o juiz Ygor Figueiredo discutirá com conselheiros tutelares e equipes do CRAS, CREAS, Caps e demais componentes do sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente, sobre o tema ‘entrega legal da criança para adoção’.

Em seguida, às 18h, será realizado um bate papo com relatos de experiências com quem já adotou, trazendo as experiências dos casais João Otávio e Jordy, pais do João Pedro e do Jhonathan; Ticiana Leal e David Buarque, mãe e pai do João e do Davi; e Romina Porto, mãe do Gustavo.

A programação de sexta se encerra com uma roda de conversa, às 19h, sobre a perda do poder familiar e os riscos da adoção irregular.

Sábado (25)

O segundo dia de evento se iniciará com o Curso de adoção psicossocial e jurídica de pretendentes para a adoção que acontecerá das 9h às 13h, no sábado.

O Grupo de apoio à adoção de Alagoas (GAAL) se reúne às 14h e em seguida, às 16h, acontecerá uma roda de conversa com o tema ‘diálogos sobre adoção’.

Às 17h, haverá o encontro das as famílias participantes da exposição, com um momento de integração e homenagens. Adolescentes da Legião da Boa Vontade farão uma apresentação cultural às 18h; e às 19h acontecerá o encerramento oficial do evento com a entrega das fotos da exposição para as famílias participantes.

Para mais informações sobre a programação do evento, clique aqui.

Fonte: Assessoria

Mais lidas

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

Com o objetivo de ajudar tabagistas a se livrarem do vício em cigarros, o

STF volta a julgar recurso de Collor para anular condenação por corrupção na Lava-Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a movimentar o processo em que o ex-presidente

Marielle: a quem se destina a terra?

Por Eliane Brum, do portal Sumauma “Quem possui a terra possui o homem.” Essa

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

PF indicia filho de Bolsonaro por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal em Brasília indiciou Jair Renan Bolsonaro, filho do ex-presidente Bolsonaro, pelos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *