segunda-feira 15 de julho de 2024

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

Acesso ao serviço é gratuito e por meio do Sistema Único de Saúde (SUS)
A Organização Mundial da Saúde aponta que o tabagismo é considerado um dos fatores de risco para mais de 50 doenças | Carla Cleto / Ascom Sesau

Com o objetivo de ajudar tabagistas a se livrarem do vício em cigarros, o Programa Estadual de Controle do Tabagismo conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios de Alagoas, com acesso gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Aproveitando o Dia Mundial sem Tabaco, que ocorre nesta sexta-feira (31), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) reforça a importância de se buscar tratamento adequado para parar de fumar.

Ao todo, são 16 Núcleos de Apoio ao Fumante com suporte e acompanhamento adequado para tabagistas no Estado. Em Maceió, os serviços estão presentes no II Centro de Saúde, na Praça da Maravilha, no bairro Poço; no Hospital Universitário (HU), no bairro Cidade Universitária; na Unidade de Saúde João Paulo II, no bairro Jacintinho; na sede da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió (SMS), para atendimento ao servidor; e na Clínica da Família do Benedito Bentes.

Além desses quatro pontos em Maceió, a programa também oferece Núcleos de Atenção ao Fumante nos municípios de Arapiraca, Coruripe, Campo Alegre, Craíbas, Jacaré dos Homens, Junqueiro, Igaci, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Pilar, Piranhas e Teotônio Vilela. Em todos esses locais, os tabagistas contam com a assistência de uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais de várias áreas da saúde.

Foto: Agência Alagoas

A coordenadora do Programa Estadual de Controle do Tabagismo, a assistente social Eunice Canuto, explica que o tratamento ocorre durante o período de um ano, com sessões semanais para os pacientes. “A dependência do tabaco pode ser gerada por vários problemas, como a ansiedade, por exemplo. Por isso é muito importante o acompanhamento de uma equipe multiprofissional, com sessões terapêuticas e a utilização de medicamentos quando necessário”, disse.

Como ter Acesso

Os interessados em receber atendimento em um dos Núcleos de Atenção ao Fumante podem procurar a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da cidade onde mora ou pedir um encaminhamento médico. Seguindo este trâmite, o fumante será acolhido pela equipe técnica do serviço e passará a fazer o tratamento.

O secretário de Estado da Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, destaca que a assistência a pessoas viciadas em tabaco também é uma das frentes de atuação da pasta. “O cigarro causa inúmeros problemas de saúde para os fumantes e a gente sabe que deixar de fumar é uma tarefa difícil. Por isso que nós, no cumprimento do nosso papel de promoção da saúde, também buscamos oferecer um atendimento voltado para essas pessoas. Nosso objetivo é melhorar a saúde e a qualidade de vida de todos, como nos pede o governador Paulo Dantas”, afirmou o gestor da saúde estadual.

Foto: Agência Alagoas

Males do Cigarro

Conforme aponta a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é considerado um dos fatores de risco para mais de 50 doenças, como tuberculose, infecções respiratórias, úlcera gastrintestinal, impotência sexual, infertilidade, entre outras. Já o ato de parar de fumar gera diversos benefícios à saúde, como a diminuição da tosse e da falta de ar no curto prazo. Além disso, o risco de desenvolver um câncer de pulmão cai pela metade após dez anos do fim do uso de tabaco em relação a uma pessoa que segue fumante.

Por Agência Alagoas

Mais lidas

Além da pressão dos aliados, JHC tem agora que enfrentar ação no MP por R$

Na busca para reeleger-se, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC, precisa

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

Com o objetivo de ajudar tabagistas a se livrarem do vício em cigarros, o

STF volta a julgar recurso de Collor para anular condenação por corrupção na Lava-Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a movimentar o processo em que o ex-presidente

Marielle: a quem se destina a terra?

Por Eliane Brum, do portal Sumauma “Quem possui a terra possui o homem.” Essa

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *