segunda-feira 15 de julho de 2024

HGE passa a contar com novo equipamento capaz de realizar 100 hemogramas por hora

A expectativa é que os serviços de saúde sejam impactados com ainda mais agilidade e eficiência
Foto: Thallysson Alves/Ascom HGE

Um novo equipamento para realização de hemogramas está em funcionamento no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, e tem capacidade para realizar 100 testes por hora. A expectativa é que o investimento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a quem a unidade hospitalar é vinculada, agilize as análises das células sanguíneas e revele, no menor tempo possível, o diagnóstico preciso para cada caso. Desse modo, os profissionais estarão munidos de informações importantes para a melhor prestação dos serviços de saúde.

Segundo o farmacêutico Paulo Fernando Júnior, coordenador do laboratório do HGE, o equipamento é de última geração e o melhor disponível no mercado. Ele ressalta que o ganho social desta aquisição é inestimável, uma vez que serão vários os casos que poderão ser solucionados dentro do menor espaço de tempo.

Foto: Thallysson Alves/Ascom HGE

“Com esse novo equipamento tecnológico, elevamos substancialmente a assertividade nos diagnósticos estudados pela comunidade assistencial. São pacientes com diversas anemias, como a falciforme, ferropriva, dentre outras; leucemias, sepse, diversas infecções e trombocitopenia (especialmente no caso da dengue hemorrágica), que precisam dos nossos dados o mais rápido possível para que o médico tome a imediata decisão acerca do melhor tratamento que possa reverter o quadro clínico apresentado”, explica.

Nos cinco primeiros meses de 2024, o HGE realizou 310.793 exames laboratoriais e 226.857 no mesmo período do ano passado. Durante todo o ano de 2023 foram realizadas 620.635 testagens, e 667.718 em 2022. Contudo, o diretor geral da unidade, Fernando Fortes Melro, acrescenta que contar com um equipamento tão moderno representa a atenção prioritária do governador Paulo Dantas, por meio do titular da Sesau, médico Gustavo Pontes de Miranda, com a saúde pública.

“O nosso laboratório funciona 24h e deve estar preparado para atender os cidadãos no tempo necessário para salvar a sua vida. Essa é a nossa missão e estamos comprometidos em cumpri-la diariamente. Tanto com equipamentos adequados, como com profissionais qualificados para interpretar os resultados do hemograma, levando em consideração outros fatores clínicos, como a história médica do paciente, os sintomas e outros exames diagnósticos”, ressaltou Fernando Fortes Melro.

Por Assessoria

Mais lidas

Além da pressão dos aliados, JHC tem agora que enfrentar ação no MP por R$

Na busca para reeleger-se, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC, precisa

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

Com o objetivo de ajudar tabagistas a se livrarem do vício em cigarros, o

STF volta a julgar recurso de Collor para anular condenação por corrupção na Lava-Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a movimentar o processo em que o ex-presidente

Marielle: a quem se destina a terra?

Por Eliane Brum, do portal Sumauma “Quem possui a terra possui o homem.” Essa

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *