segunda-feira 15 de julho de 2024

Inclusão e Equidade de Gênero são destaques no Mês de Sensibilização do Censo do Servidor

Roda de conversa na Escola de Governo de Alagoas reúne servidores para discutir práticas inclusivas na gestão pública
Foto: Danielle Cândido / Ascom Uncisal

Letramento sobre Inclusão e Equidade de Gênero. Esse foi o tema do segundo eixo de diversidade do mês de sensibilização para o Censo do Servidor 2024, apresentado nesta quarta-feira (12), no auditório da Escola de Governo de Alagoas (Egal). A roda de conversa foi comandada pela professora e assessora técnica da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), Maria Alcina, e proporcionou um momento marcado por diálogo, troca de experiências e muito aprendizado.

Entender a importância da inclusão e equidade de gênero nas políticas públicas e como podemos promover um ambiente mais justo e igualitário para todos. Com esse objetivo, Tatiane Lavarini, superintendente de Política de Gestão para Pessoas da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), convidou os servidores estaduais a atentar para a importância da inclusão na gestão pública. “É fundamental ter esses espaços de reflexão, de troca, de debate, de reflexão conjunta”, afirmou ela.

“A política pública é o que nos une nesse momento. Um momento importante para entender que a política não é para uma categoria que eu escolha, ou que seja igual a mim, ou que seja meu espelho. Mas sim, uma gama de pessoas diversificadas e que têm o mesmo direito que eu tenho”, afirmou Maria Alcina. Ela defendeu que é necessário olhar para si e para o outro com mais respeito, levando em consideração a dignidade humana, que é um preceito constitucional.

Para além de responder o Censo, a professora Maria Alcina destacou que a discussão sobre gênero trata-se da compreensão de si mesmo. Para explicar o assunto, ela abordou conceitos importantes, como a diferença entre identidade de gênero e orientação sexual e também tirou dúvidas sobre o nome social, qual pronome utilizar que banheiro deve usar, entre outras perguntas.

Na Maternidade Escola Santa Mônica (Mesm), unidade assistencial da Universidade Estadual de Ciências e Saúde de Alagoas (Uncisal), a diversidade e equidade no cuidado à saúde foram temas de um curso ofertado aos servidores, dentro do projeto Multiplicando Saberes. “Nosso objetivo foi proporcionar um atendimento igualitário para todos e promover a inclusão através da diversidade e do letramento, abordando como atender diferentes públicos, especialmente no contexto de uma maternidade”, explicou Andrea Gusmão, assessora de Qualidade de Vida da Santa Mônica.

“Precisávamos estar preparados para receber e atender adequadamente, por exemplo, um homem trans gestante, adaptando-nos a essa nova realidade”, acrescentou a servidora da Mesm/Uncisal, que está participando do mês de sensibilização do Censo dos Servidores 2024.

Mês de sensibilização

A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) anunciou o Censo dos Servidores 2024, com o objetivo de mapear o perfil dos servidores públicos estaduais através de um formulário online em julho. Esta iniciativa visa subsidiar a criação de políticas públicas para melhorar e modernizar a gestão de pessoas no serviço público, promovendo ambientes de trabalho mais diversos e inclusivos, em alinhamento com as prioridades do governo estadual. Trata-se de um projeto inédito que reforça o compromisso com a transformação e modernização da administração pública, tornando-a mais representativa e inclusiva.

Para sensibilizar os servidores sobre a importância do Censo e os temas abordados no formulário, diversas ações de conscientização serão realizadas ao longo do mês de junho. Estes eventos tratarão de questões como raça, gênero, identidade religiosa, orientação sexual e pessoas com deficiência. A programação inclui palestras, rodas de conversa, letramentos e debates, que ocorrerão em diferentes locais e datas, proporcionando momentos de reflexão e aprendizado para todos os participantes.

As inscrições devem ser feitas pelo link https://capacitacao.al.gov.br

Cada evento de sensibilização garante certificado de participação para os servidores, e aqueles que participarem de todos os eventos do ciclo de diversidade receberão um certificado único.

CONFIRA A AGENDA DE PALESTRAS 

6 de Junho – Lançamento do Censo dos Servidores

Local: Centro de Inovação do Polo Tecnológico de Jaraguá (CIPT)

Palestra: “Diversidade no Serviço Público” com a Professora Janaina Gama, com enfoque em raça.

10 de Junho – Mesa Redonda – Raça: Vivências e Representatividade no Setor Público, 9h

Local: EGAL

12 de Junho – Letramento sobre Identidade de Gênero, 9h

Local: EGAL

14 de Junho – Roda de Conversa: Diversidade de Gênero, 9h

Local: EGAL

18 de Junho – Palestra: Liberdade Religiosa, 9h

Local: EGAL

19 de Junho – CineDebate, 13h30

Local: Centro Cultural Arte Pajuçara

Exibição de filme seguida de roda de conversa

21 de Junho – Palestra –  Instituições Inclusivas: Acesso para Todos, 9h

Local: EGAL

26 de Junho – Letramento sobre Orientação Sexual, 9h

Local: EGAL

28 de Junho – Roda de Conversa: Orientação Sexual, 9h

Local: Auditório do IFAL

Encerramento do Mês de Sensibilização

Por Agência Alagoas

Mais lidas

Além da pressão dos aliados, JHC tem agora que enfrentar ação no MP por R$

Na busca para reeleger-se, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC, precisa

Alagoas conta com Núcleos de Apoio ao Fumante em 13 municípios

Com o objetivo de ajudar tabagistas a se livrarem do vício em cigarros, o

STF volta a julgar recurso de Collor para anular condenação por corrupção na Lava-Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a movimentar o processo em que o ex-presidente

Marielle: a quem se destina a terra?

Por Eliane Brum, do portal Sumauma “Quem possui a terra possui o homem.” Essa

CPI da Braskem tem 35 dias para concluir investigação, que inclui visita aos bairros destruídos

Com o objetivo de investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da mineradora Braskem no

Sem declarar IR cidadão não pode sequer receber prêmio de loteria que, acumulada, hoje sorteia

O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) em

Risco de morte após a febre chikungunya continua por até 84 dias, diz Fiocruz

Em meio à epidemia de dengue e ao aumento de casos por febre chikungunya, um

Saúde volta a alertar alagoanos sobre medidas de prevenção contra a dengue

A Secretaria de Estado de Alagoas (Sesau) volta a alertar a população alagoana sobre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *